ESCOLA COMPLEMENTAR COMO ESPAÇO DE FORMAÇÃO

  • Flávia Obino Corrêa Werle Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS e UNISINOS, São Leopoldo, RS

Resumo

Análise dos processos de formação do professor. Situa inicialmente as alternativas de constituição dos agentes do sistema político administrativo da educação do final do período imperial para focalizar as estratégias formativas adotadas pela Escola Complementar, analisando para tanto entrevistas, documentos iconográficos e escritos. A delimitação espacial do estudo é a Província de São Pedro do Rio Grande do Sul, Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOEIRA, Nelson. O Rio Grande do Augusto Comte. IN: GONZAGA, Sérgius (org.) RS: Cultura & Ideologia. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1980. p. 34 - 59.

CUNHA, Célia da. Educação e Autoritarismo no Estado Novo. São Paulo: Cortez, 1981. 176 p.

DESAULNIERS, Julieta Beatriz Ramos. A dinâmica estrutural do campo religioso: alguns dados empíricos. Veritas, Porto Alegre, v.41, n.162, p. 249 - 260, jun. 1996.

FLESCH, Irmã Benícia. Seguindo Passo a Passo, uma caminhada: História da Congregação das Innãs Franciscanas da Penitência e Caridade Cristã no Brasil. Porto Alegre, s. ed., 1993,

MOACYR, Primitivo. A Instrução e as Províncias: subsídios para a História da Educação no Brasil 1834 - 1889 (Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás). 3° Vol. São Paulo: Companhia Edit. Nacional, 1940. MOACYR, Primitivo. A Instrução e as Províncias: subsídios para a História da Educação no Brasil 1834 - 1889 Das Amazonas às Alagoas. 1° vol. São Paulo: Companhia edit. Nacional, 1939.

PAIXÃO, Léa Pinheiro. Mulheres mineiras da República Velha. Profissão: Professora. Educação em Revista. Belo Horizonte, UFMG, n. 14, p. 12-25, dez. 1991.

PINTO, Celi Regina J. Positivismo: um projeto político altemativo. (RS: 1889-1930). Porto Alegre: L&PM, 1986. 111p.

SCHWART'lMAN, Simon; BOMENY, Helena Maria Bousquet; COSTA, Vanda Maria Ribeiro. Tempos de Capanema. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984. 388p.

SIMIAND, François. El Codigo y el documento. In: BOURDIBU, Pierre, CHAMBOREDON, Jean-Claude,

PASSERON, Jean-Claude. El Oficio de Sociólogo. 11. ed. Mexico: Sigla XXI, 1988, p. 164-66.

TAMBARA, Elomar. Positivismo e Educação. Pelotas: Ed. Universitária/UFPel, 1995.

V AREI.A, Julia. Genealogia de la Escuela: análisis sacio-histórico dei processo de institucionalización de la escuela primaria. Tempora N" 8. Tenerife, Facultad de Filosofia y Letras, Universidad de la Laguna, p. 13- 36, jul./dic. 1986.

VIILELA, Heloisa de Oliveira Santos. A Primeira Escola Nonnal do Brasil: uma contribuição à História da Fonnação de Professores. Niterói: UFF, 1990. 286f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal Fluminense, 1990.

WERLE, Flávia Obino Corrêa. Sistema Político - Administrativo da Educação: análise das relações de poder entre as instâncias federal, estadual e municipal no período republicano. Porto Alegre,

PUCRS: 1993. 452 p. Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação. Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Publicado
1997-12-31
Como Citar
Werle, F. O. C. (1997). ESCOLA COMPLEMENTAR COMO ESPAÇO DE FORMAÇÃO. Veritas (Porto Alegre), 42(2), 307-316. https://doi.org/10.15448/1984-6746.1997.2.35668