CRITIQUE OF PUBLIC REASON REVISITED: KANT AS ARBITER BETWEEN RAWLS AND HABERMAS

  • Nythamar Fernandes de Oliveira Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Normatividade. Procedimentalismo. Contratualismo. Democracia.

Resumo

Trata-se de revisitar o debate Rawls-Habermas,em particular, o problema da autonomia política à luz da apropriação que estes autores nos oferecem do procedimentalismo kantiano.

Tanto John Rawls quanto Jürgen Habermas, em suas respectivas concepções de "cultura política" e "esfera pública," partem de uma equivocada atribuição de um fundacionalismo moral em Kant ("fato da razão") de forma a preservar o princípio normativo de universalizabilidade capaz de assegurar a estabilidade de uma "sociedade bem ordenada" (Rawls) e balizar o procedimentalismo democrático enquanto alternativa para os modelos liberais e republicanos (Habermas).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2000-12-31
Como Citar
de Oliveira, N. F. (2000). CRITIQUE OF PUBLIC REASON REVISITED: KANT AS ARBITER BETWEEN RAWLS AND HABERMAS. Veritas (Porto Alegre), 45(4), 583-606. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2000.4.35093