Da compaixão à inocência: Nietzsche e Schopenhauer em torno da questão do egoísmo

  • Jelson Roberto de Oliveira PUCPR
Palavras-chave: Nietzsche. Schopenhauer. Egoísmo. Compaixão. Inocência.

Resumo

Pretende-se demonstrar nesse trabalho como Nietzsche formula, nos escritos que formam o segundo período de sua produção filosófica, uma crítica à moral da compaixão proposta por Schopenhauer. Para isso, far-se-á uma revisão das teses schopenhaurianas segundo as quais o egoísmo é o motivo antimoral por excelência e, contrariamente, o altruísmo é a base legítima da moralidade. Analisar-se-á, também, o procedimento usado por Nietzsche para, de um lado, criticar esse ideal e, de outro, chegar à inocência como principal resultado de seu programa filosófico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jelson Roberto de Oliveira, PUCPR
Professor de Filosofia. Doutor em Filosofia pela UFSCar.

Referências

FAZIO, Domenico M. (Org.). La scuola di Schopenhauer: testi e contesti. A cura del Centro interdipartimentale di ricerca su Arthur Schopenhauer e la sua scuola dell’Università del Salento. Lecce: Pensa Multimedia, 2009. (Schopenhaueriana, 2).

JANAWAY, C. Schopenhauer. São Paulo: Loyola, 2003. (Mestres do Pensamento).

LEFRANC, J. Compreender Schopenhauer. Petrópolis: Vozes, 2005.

NIETZSCHE, F. Aurora. Reflexões sobre os preconceitos morais. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2004.

______. Ecce Homo. Como alguém se torna o que é. Trad. notas e posfácio Paulo César de Souza. 2. ed., 3. reimp. São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

______. Genealogia da Moral. Uma polêmica. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2002.

______. Humano, Demasiado Humano. Um livro para espíritos livres. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2000.

______. Humano, Demasiado Humano II. Trad. de Paulo César de Souza. São Paulo: Cia. das Letras, 2008.

______. Obras incompletas. Trad. Rubens Rodrigues Torres Filho. São Paulo: Abril Cultural, 1983. (Os Pensadores).

______. Sämtliche Briefe. Kritische Studienausgabe (KSB). Herausgegeben von Giorgio Colli und Mazzino Montinari. München/Berlin/New York: dtv/Walter de Gruyter & Co., 1986. (8 Bänden).

______. Sämtliche Werke. Kritische Studienausgabe (KSA). Herausgegeben von Giorgio Colli und Mazzino Montinari. München/Berlin/New York: dtv/Walter de Gruyter & Co., 1988. (15 Einzelbänden).

RÉE, Paul. Basic writings. Transleted and edited by Robin Small. Illinois: University of Illinois Press, 2003. (International Nietzsche Studies).

______. Gesammelte werke (1875-1885). Hubert Treiber (Org.). Berlim: de Gruyter, 2004.

SCHOPENHAUER, Arthur. O Mundo como Vontade e como Representação. Trad. Jair Barboza. São Paulo: Ed. UNESP, 2005.

______. Sobre o fundamento da Moral. Trad. Maria Lúcia Mello Oliveira Cacciola. 2. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

______. Metafísica do amor e Metafísica da morte. Trad. Jair Baboza. São Paulo: Martins Fontes. 2004.

______. Parerga e Paraliponema. Tradução de Wolfang Leo Maar. São Paulo, Nova Cultural, 1988 (Os Pensadores).

______. Sämtliche Werke. Bearbeitet und Heraugegebt von Wolfgang Frhr. Von Löhnheysen. Frankfurt am Main: Suhrkamp, 1998.

STAUDT, Leo Afonso. O significado moral das ações como negação da vontade, para Arthur Schopenhauer. Rev. Filos., 19, 25 (jul./dez. 2007), p. 273-303.

SMALL, Robin. Nietzsche and Rée. Star friendship. Oxford; New York: Oxford University Press, 2007.

______. Translator’s introduction. In: RÉE, Paul. Basic writings. Transleted and edited by Robin Small. Illinois: University of Illinois Press, 2003. (International Nietzsche Studies). p. xi-liii.

Publicado
2015-05-13
Como Citar
Oliveira, J. R. de. (2015). Da compaixão à inocência: Nietzsche e Schopenhauer em torno da questão do egoísmo. Veritas (Porto Alegre), 60(1), 167-190. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2015.1.14147
Seção
Ética e Filosofia Política