Quimera humana? A importância da natureza humana em tempos de xenotransplantes

  • Andreas Vieth Westfälische Wilhelms-Universität
  • Michael Quante Westfälische Wilhelms-Universität
Palavras-chave: ética médica, naturalismo, natureza humana, xenotransplantes

Resumo

O artigo reexamina a questão dos xenotransplantes (trans-plantes de órgãos entre diferentes espécies), tecendo várias obser-vações sobre as práticas de xenotransplantes com o intuito de determinar com precisão o que se entende por “xenotransplante” (XTP) e de esclarecer em que medida um transplante de animais no organismo humano pode ser denominado uma “quimera”. Em seguida, os aspectos problemáticos do XTP, desde uma perspectiva ética, embora não sejam abordados no artigo, são nomeados em sua relevância teórica para o conceito de justificação, num sentido ético-normativo. Esclarecimentos conceituais e terminológicos preliminares são oferecidos pelos Autores a fim de deixar claro o que se entende, afinal, por “natureza”, tanto num sentido restrito quanto em sua relevância para as discussões éticas. O atual debate em torno de questões normativas e naturalistas da natureza e da ética é revisado em vários aspectos, culminando numa alternativa sistemática a ser desenvolvida e proposta.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2013-04-30
Como Citar
Vieth, A., & Quante, M. (2013). Quimera humana? A importância da natureza humana em tempos de xenotransplantes. Veritas (Porto Alegre), 58(1), 9-36. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2013.1.13566
Seção
Ética e Filosofia Política