Dimensão filosófica e política do pensamento ambiental contemporâneo

  • Antonio Teixeira de Barros UnB
Palavras-chave: Filosofia e ambientalismo. Política e ambiente. Pensamento ambiental. Dimensão filosófica e política do ambientalismo.

Resumo

O texto discute o pensamento ambiental contemporâneo na perspectiva filosófica e política. Tal pensamento tornou-se um quadro hermenêutico de referência para a compreensão e a interpretação de vários campos de conhecimento, do ponto de vista do ser, do conhecer e da ação política do ser no mundo atual, o que justifica o realce à relação entre Filosofia e Política. O pressuposto geral que orienta a discussão é que a atual configuração epistêmica do pensamento ecológico é tributária de um ideário filosófico e político gestado pelos movimentos que defendiam a transformação do pensamento social, da ordem cultural e do sistema político das sociedades avançadas do contexto político resultante do após II Guerra Mmundial. O foco específico da discussão são as ideias filosóficas de Mmax Weber e Jürgen Habermas, com ênfase para os conceitos de racionalização, ação estratégica/ação comunicativa, respectivamente. As ideias desses autores convergem para explicar o pensamento ambiental como portador de uma racionalidade cultural estrategicamente orientada para a ação política, mas comunicativamente vinculada ao mundo da vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-04-30
Como Citar
de Barros, A. T. (2012). Dimensão filosófica e política do pensamento ambiental contemporâneo. Veritas (Porto Alegre), 57(1). https://doi.org/10.15448/1984-6746.2012.1.11228
Seção
Democracia, Ética e Filosofia Política