O Processo de Subjetivação Profissional Durante os Estágios Supervisionados em Psicologia

  • Viviane Silva Pires Universidade Federal de Uberlândia
  • Silvia Maria Cintra da Silva Universidade Federal de Uberlândia
Palavras-chave: Formação Profissional, Estágio Supervisionado, Psicologia.

Resumo

O estágio é entendido legalmente como ato educativo escolar supervisionado, desenvolvido no ambiente de trabalho e destinado a preparar alunos em formação escolar para o trabalho produtivo. Esta pesquisa objetivou compreender o processo de subjetivação profissional de graduandas de Psicologia de uma universidade pública de Minas Gerais à luz de uma perspectiva crítica em psicologia escolar. Participaram três estudantes e suas respectivas supervisoras. Como recurso para a construção dos dados foi utilizado a história oral, por meio de entrevistas não estruturadas. Constatamos que o processo de formação do futuro psicólogo é constituído por determinações múltiplas que vão além do âmbito acadêmico e indicam o rompimento da dicotomia entre a dimensão profissional e a dimensão pessoal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane Silva Pires, Universidade Federal de Uberlândia
Mestre em Psicologia Aplicada na área de Desenvolvimento e Aprendizagem
Silvia Maria Cintra da Silva, Universidade Federal de Uberlândia
Psicóloga, Doutora em Educação e Professora do Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Uberlândia.
Publicado
2012-09-13
Como Citar
Pires, V. S., & da Silva, S. M. C. (2012). O Processo de Subjetivação Profissional Durante os Estágios Supervisionados em Psicologia. Psico, 43(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/9857
Seção
Artigos