Análise de Produções da Revista Brasileira de Orientação Profissional

  • Ana Paula Porto Noronha Universidade São Francisco
  • Cristiane Deantonio Ventura Universidade São Francisco
  • Dario Cecilio-Fernandes Universidade São Francisco
  • Juliana Carnevalli Siqueira Nery Universidade São Francisco
  • Juliana Maximila de Paula Bueno Universidade São Francisco
  • Luana Luca Universidade São Francisco
  • Ivan Baroncelli Neto Academia Militar das Agulhas Negras
  • Maria Áurea Pereira Silva Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Palavras-chave: Cientometria. Orientação profissional. Produção científica.

Resumo

Investigar a produção científica de determinada área de conhecimento permite promover o desenvolvimento organizado dela. Esse estudo analisou quanti e qualitativamente as publicações da Revista Brasileira de Orientação Profissional, de 2007-2011. Foram arrolados 68 artigos, dos quais 53 empíricos e 15 teóricos. Para a análise das temáticas, houve a organização em categorias, sendo que a relação entre construtos e variáveis foi a que agregou o maior número de artigos. Os adolescentes foram os mais pesquisados. Houve grande diversidade de instrumentos utilizados nas investigações; a técnica mais utilizada foi a entrevista. Dentre as referências citadas nos artigos, foram mais mencionadas aquelas publicadas a partir de 2000, e de modo geral, as estrangeiras foram mais citadas. São discutidas implicações para pesquisas futuras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luana Luca, Universidade São Francisco
Possui graduação em Psicologia pelo Centro Universitário de João Pessoa (UNIPÊ). Mestre em Psicologia com área de concentração em Avaliação Psicológica pelo Programa de Pós Graduação Strictu Sensu da Universidade São Francisco. Têm experiência em monitoria, extensão, pesquisa e docência. Interesse de atuação nas áreas de avaliação psicológica, testes psicológicos, cognição e aprendizagem.

Referências

Arbona, C. (2000). Practice and research in career counseling and development – 1999. The Career Developmente Quarterly, 49, 98-134.

Arruda, M. N. F., & Melo-Silva, L. L. (2010). Avaliação da intervenção de carreira: a perspectiva dos ex-clientes. Psico-USF, 15(2), 225-234.

Bardin, L. (1977). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Bufrem, L., & Prates, Y. (2005). O saber científico registrado e as práticas de mensuração da informação. Ciência da Informação (Brasília), 34(2), 9-25.

Guindon, M. H., & Richmond, L. J. (2005). Practice and research in career counseling and development – 2004.

The Career Development Quarterly, 54(2), 90-137.

Ivatiuk, A. L., & Yoshida, E. M. P. (2010). Orientação Profissional de pessoas com deficiências: Revisão de literatura (2000-2009). Revista Brasileira de Orientação Profissional, 11(1), 95-106.

Lehman, Y. P. (2010). Orientação profissional na pós-modernidade. In R. S. Levenfus, & D. H. P. Soares (Orgs.). Orientação vocacional ocupacional (pp. 19-30). Porto Alegre: Artmed.

Levenfus, R. S. (2010). Orientação vocacional ocupacional: abordagem clínica psicológica. In: R. S. Levenfus, & D. H. P. Soares (Orgs.). Orientação vocacional ocupacional (pp. 117-132). Porto Alegre: Artmed.

López, W. L., García-Cepero, M. C., Bustamante, M. C. A., Silva, L. M., & López, E. A. (2010). Panorama General de la Producción Acadêmica en la Psicologia Iberoamericana 2005-2007. Papeles del Psicólogo, 3(3), 296-309.

Melo-Silva, L. L., Leal, M. de S., & Fracalozzi, N. M. N. (2010). Produção científica em congressos brasileiros de orientação vocacional e profissional: período 1999-2009. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 11(1), 107-120.

Noronha, A. P. P., & Ambiel, R. A. M. (2006). Orientação profissional e vocacional: análise da produção científica.

Psico-USF, 11(1), 75-84.

Noronha, A. P. P., Andrade, R. G., Miguel, F. K., Nascimento, M. M., Nunes, M. F. O., Pacanaro, S. V., Ferruzzi, A. H., Sartori, F. A., Takahashi, L. T., & Cozza, H. F. P. (2006). Análise de teses e dissertações em orientação profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 7(2), 1-10.

Noronha, A. P. P., Santos, A. A. A., & Sisto, F. F. (2010). Contribuições da Escala de Aconselhamento Profissional (EAP). In R. S. Levenfus, & D. H. P. Soares (Orgs). Orientação Vocacional Ocupacional (pp. 183-193). Porto Alegre: Artmed.

Rueda, F. J. M. (2009). Produção científica da Revista Brasileira de Orientação Profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 10(2), 1-11.

Sabadini, A. A. Z. P., Sampaio, M. I.C., & Koller, S. H. (Orgs.). (2009). Publicar em Psicologia: um enfoque para a Revista Científica. São Paulo: Casa do Psicólogo.

Sampaio, M. I. C. (2008). Citações a periódicos na produção científica de Psicologia. Psicologia: Ciência e Profissão, 28(3), 452-465.

Teixeira, M. A. P., Lassance, M. C. P., Silva, B. M. B., & Bardagi, M. P. (2007). Produção científica em orientação profissional: uma análise da revista brasileira de orientação profissional. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 8(2), 25-40.

Witter, G. P. (1999). Metaciência e leitura. Em G. P. Witter (Org.). Leitura: textos e pesquisas (pp. 13-22). Campinas: Alínea.

Publicado
2014-06-11
Como Citar
Noronha, A. P. P., Ventura, C. D., Cecilio-Fernandes, D., Nery, J. C. S., Bueno, J. M. de P., Luca, L., Baroncelli Neto, I., & Silva, M. Áurea P. (2014). Análise de Produções da Revista Brasileira de Orientação Profissional. Psico, 45(1), 26-34. https://doi.org/10.15448/1980-8623.2014.1.12416
Seção
Artigos