A genealogia nietzschiana em Michel Foucault

  • Leonel José de Oliveira Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Filosofia, Imaginário, Narrativas

Resumo

A partir da obra Genealogia da Moral de Friedrich Nietszche, o presente ensaio faz uma abordagem da crise do homem moderno, foco de estudo da Filosofia contemporânea e da Comunicação, através do olhar de Michel Foucault.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonel José de Oliveira, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Mestrando em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Referências

ANSELL-PEARSON, K. Nietzsche como pensador político: uma introdução. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997.

DREYFUS, H. Michel Foucault, uma trajetória filosófica. Para além do estruturalismo e da hermenêutica. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1995.

DURAND, G. O Imaginário: Ensaio acerca das ciências e da filosofia da imagem. Rio de Janeiro: Difel, 1998.

FOUCAULT, M. As palavras e as coisas. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

_______. Nietzsche, La Genealogia, La Historia. Valencia: Pre-textos, 1997.

MACHADO, R. Foucault, a filosofia e a literatura. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000.

NIETZSCHE, F. O Anticristo – Maldição do Cristianismo. Rio de Janeiro: Clássicos Econômicos Newton, 1988.

_______. A Genealogia da Moral. São Paulo: Brasiliense, 1987.

PARENTE, A. (org.). Imagem-Máquina: a era das tecnologias do virtual. Rio de Janeiro: 34, 1993.

RAJCHMAN, J. Foucault: a liberdade da filosofia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1987.

Publicado
2008-04-10
Como Citar
de Oliveira, L. J. (2008). A genealogia nietzschiana em Michel Foucault. Revista FAMECOS, 9(17), 117-125. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2002.17.3157
Seção
Teorias