A Práxis reflexiva das relações públicas no contexto da sociedade midiatizada: uma proposta teórico-prática para o ensino em ambiências digitais

Palavras-chave: Relações públicas, sociedade midiatizada, ambiências digitais

Resumo

O problema desta pesquisa está ancorado no pressuposto de que o atual contexto da sociedade midiatizada movimenta os conceitos relativos à práxis das relações públicas. O objetivo é apresentar uma proposta para o ensino das relações públicas em ambiências digitais baseada em seis itens: 1º) identificação do objetivo; 2º) exame crítico das práticas; 3º) busca de explicações e de alternativas; 4º) experimentação de modos alternativos de fazer; 5º) revisão das estratégias; 6º) realização de novas experiências e reflexões. A metodologia inclui pesquisa empírica e os resultados levam a ponderar a íntima relação entre a teoria e o empírico e a pensar este ensino sob um ciclo recursivo. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elisangela Lasta, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), professora do Departamento de Comunicação
Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação – da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atua nas áreas de comunicação digital e relações públicas digitais.

Eugenia Maria Mariano da Rocha Barichello, Universidade Federal de Santa Maria

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), docente permanente do Programa de Pós-
Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Estágio Pós-doutoral Sênior na University College
of London (UCL-UK), com bolsa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES (BEX 2384/14-0).

Referências

BALDISSERA, Rudimar. Estratégia, comunicação e Relações Públicas. In: XXIV Congresso Brasileiro da Comunicação, 2011, Campo Grande. Anais... Campo Grande/MS: Intercom, p. 1-11, 2001.

BARICHELLO, Eugenia. Midiatização e cultura nas organizações da contemporaneidade: o processo de midiatização como matriz de práticas sociais. In: MARCHIORI, M. (Org.). Contexto organizacional midiatizado. São Paulo/Rio de Janeiro: Difusão; Senac, p. 37-43, 2014.

BRAGA, José Luiz. Circuitos versus campos sociais. In: JUNIOR, J.; MATTOS, M.; Jacks, N. (org.). Mediação & Midiatização. Salvador: EDUFBA; Brasília: Compós, p. 31-52, 2012.

BRUNO, Fernanda. Rastros digitais: o que eles se tornam quando vistos sob a perspectiva da teoria ator-rede? In: XXI Encontro da Compós, 2012, Juiz de Fora. Anais... Juiz de Fora: Compós, p. 1-18, jun. 2012.

DOMINGUES, José António. O paradigma mediológico: Debray depois de McLuhan. Covilhã: Livros Labcom, 2010.

FELIPINI, Dailton. Google top 10: como colocar seu blog na primeira página do Google. Rio de Janeiro: Brasport, 2010.

HJARVARD, Stig. Midiatização: teorizando a mídia como agente de mudança social e cultural. Matrizes, São Paulo, p. 53-91, 2012.

JOHNSON, Telma. Pesquisa social mediada por computador: questões, metodologias e técnicas qualitativas. Rio de Janeiro: E-papers, 2010.

LANDOWSKI, Eric. A sociedade refletida: ensaios de sociossemiótica. São Paulo: Pontes, 1992.

LASTA, Elisangela. A práxis reflexiva das relações públicas na sociedade midiatizada: mediação estratégica comunicacional nos blogs corporativos. Tese (Doutorado em Comunicação) - Programa de Pós-graduação em Comunicação, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2015.

LEMIEUX, Vincent; OUIMET, Mathieu. Análise estrutural das redes sociais. Lisboa: Instituto Piaget, 2004.

OLIVEIRA, José. Busca inteligente na Web: um guia para tornar sua busca na Web eficaz e rápida. Porto Alegre: Instituto de Informática/UFRGS, 2010.

PÉREZ, Rafael. Las dimensiones de la estrategia. In: PÉREZ, R. Estrategias de comunicación. Barcelona: Ariel, p. 139-65, 2001.

_____. Seminário avançado em comunicação estratégica organizacional (anotações de seminário). Porto Alegre: PUCRS, 2012.

PERUZZOLO, Adair Caetano. Elementos da semiótica da comunicação: quando aprender é fazer. Bauru/SP: EDUSC, 2004.

RICOEUR, Paul. Percurso do reconhecimento. São Paulo: Edições Loyola, 2006.

SIMÕES, Roberto. Relações públicas e micropolítica. São Paulo: Summus, 2001.

______. Relações Públicas: função política. São Paulo: Summus, 1995.

SODRÉ, Muniz. Antropológica do espelho: uma teoria da comunicação linear e em rede. Petrópolis: Vozes, 2009.

______. Sobre a episteme comunicacional. Matrizes, São Paulo, ECA/USP, p. 15-26, 2007.

VÁZQUEZ, Adolfo. Filosofia da praxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1968.

VIZER, Eduardo. A trama (in) visível da vida social: comunicação, sentido e realidade. Porto Alegre: Sulina, 2011.

Publicado
2017-03-24
Como Citar
Lasta, E., & Barichello, E. M. M. da R. (2017). A Práxis reflexiva das relações públicas no contexto da sociedade midiatizada: uma proposta teórico-prática para o ensino em ambiências digitais. Revista FAMECOS, 24(2), ID25353. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2017.2.25353
Seção
Relações Públicas