Jornalismo e Paulo Freire: o conhecimento do desvelamento

  • Alfredo Eurico Vizeu Pereira Junior Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: Jornalismo, Conhecimento, Desvelamento

Resumo

O presente trabalho tem como preocupação esboçar o conceito provisório de conhecimento do desvelamento no Jornalismo. A preocupação é deter a ideia de um conhecimento que se busca tornar mais comum e mais acessível, mas não se trata de um conhecimento acabado, sempre um conhecimento aproximado. Tomamos como base os estudos realizados por Paulo Freire no que diz respeito ao seu método bem como a tomada de consciência. No trabalho também são mobilizadas as Teorias e Estudos do Jornalismo bem como questões do construtivismo, da ética, do método jornalístico e da objetividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alfredo Eurico Vizeu Pereira Junior, Universidade Federal de Pernambuco
Professor adjunto 4, coordenador do núcleo de Jornalismo e contemporaneidade do PGGCom da UFPE

Referências

BACHELARD, Gaston. Ensaio sobre o conhecimento aproximado. Rio de Janeiro: Contraponto, 2004.

BOURDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1997.

BARBOSA, Rui. A imprensa e o dever da verdade. São Paulo: Papagaio, 2004.

CHANDLER, Daniel. Notes on the construction of reality in tv news programmes. Disponível em: http://www.aber.ac.uk/media/Modules/TF33120/news.html. Acesso em: 21 nov. 2005.

CORNU, Daniel. Jornalismo e verdade. Lisboa: Piaget, 1999.

CORRÊIA, João C.; VIZEU, Alfredo. A construção do real no telejornalismo: do lugar de segurança ao lugar de referência. In: VIZEU, Alfredo (Org.). A sociedade do telejornalismo. Petrópolis: Vozes, 2008.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade e outros escritos. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

______. Conscientização – teoria e prática da libertação: uma introdução ao pensamento de Paulo Freire. 3. ed. São Paulo: Centauro, 2005.

______. Cartas a Cristina. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1994.

FREIRE, Paulo; GUIMARÃES, Sérgio. Sobre educação. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

GADINI, Sérgio. Em busca de uma teoria construcionista do jornalismo contemporâneo: a notícia entre uma forma singular de conhecimento e um mecanismo de construção social da realidade. Revista Famecos, Porto Alegre, n. 33, p. 79-88, ago. 2007. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/download/3438/2700. Acesso em: 22 mar. 2011.

GENRO, Adelmo. O segredo da pirâmide: para uma teoria marxista do jornalismo. Porto Alegre: Tchê!, 1987.

GOMIS, Lorenzo. Teoría del periodismo: cómo se forma el presente. México: Paidós, 1991.

HALL, Stuart. The narrative construcion of reality. Disponível em: http://www.centreforbook.culture.org;context/no10/hall.html. Acesso em: 21 nov. 2005.

GROTH, Otto. O poder cultural desconhecido: fundamentos das ciências dos jornais. Petrópolis: Vozes, 2011.

LIMA, Venicio. Comunicação e Cultura: as idéias de Paulo Freire. 2. ed. rev. Brasília: Editora de Brasília-Fundação Perseu Abramo, 2011.

MARQUES DE MELO, José. Pensamento Jornalístico: a moderna tradição brasileira. Intercom – Revista Brasileira de Ciências da Comunicação, v. 30, n. 2, 2007. Disponível em: http://www.portcom.intercom.org.br/revistas/index.php/revistaintercom/article/viewArticle/97. Acesso em: 2 out. 2008.

MACHADO, Elias. Dos estudos sobre o jornalismo às teorias do Jornalismo: três pressupostos para a consolidação do jornalismo como campo. In: E-Compós, n. 1, 2005. Disponível em: htpp://www.compos.org.br/ecompos/adm/documentos/ELIASMACHADO. Acesso em: 19 maio 2010.

MEDITSCH, Eduardo. Jornalismo e construção social do acontecimento. In: BENETTI, M.; FONSECA, Virginia S. Jornalismo e acontecimento: mapeamentos críticos. Florianópolis: Insular, 2010.

______. O conhecimento do jornalismo. Florianópolis: [s.n.], 1992.

MELUCCI, Alberto. A invenção do presente: movimento sociais nas sociedades complexas. Petrópolis/RJ: Vozes, 2001.

MIOTTO, Gaspar. La objetividad posible en la construcción del discurso periodístico. Tesis (Doctorado en Ciencias de la Comunicación) – Universidad Nacional de Río Cuarto, Província de Córdoba, República Argentina, 1993.

PARK, Robert E. The Crowd and the Public and Other Essays. Chicago: Chicago University Press, 1972. [Berna, 1903].

SOUSA, Jorge Pedro. Tobias Peucer: progenitor da Teoria do Jornalismo. Estudos em Jornalismo & Mídia, v. 1, n. 2, p. 31-48, 2004.

SPONHOLZ, Lirian. Jornalismo, conhecimento e objetividade: além dos espelhos e das construções. Florianópolis: Insular, 2009.

SCOLARI, Carlos. A construção de mundos possíveis se tornou um processo coletivo. Matrizes, São Paulo, v. 4, n. 2, p. 127-136, jan./jun. 2011.

SCHUDSON, Michael . The power of the news. Cambrigde: Harvard University, 1996.

SCHUTZ, Alfred. El problema de la realidad social: escritos I. 2. ed. Buenos Aires: Amorrortu, 2003.

TUCHMAN, Gaye. La producción de la noticia: estudio sobre la construcción de la realidad. Barcelona: Gili, 1983.

Publicado
2015-01-30
Como Citar
Pereira Junior, A. E. V. (2015). Jornalismo e Paulo Freire: o conhecimento do desvelamento. Revista FAMECOS, 21(3), 860-877. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2014.3.17810
Seção
Jornalismo