Mídia, subjetividades sociais e direitos humanos: o Presídio Central de Porto Alegre

  • Celso Rodrigues Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Gabriel Webber Ziero Centro Universitário Metodista
Palavras-chave: Direitos Humanos, Sociologia da Violência, Presídio Central de Porto Alegre.

Resumo

O artigo abaixo se propõe a problematizar a produção do discurso notadamente midiático acerca do Presídio Central e suas relações descontínuas, múltiplas e complexas com as configurações sociais produtoras e mediadoras deste discurso. Considerando, em especial as coberturas jornalísticas da maior rede de comunicação do sul do Brasil, a partir do ano de 2008, que versam sobre o Presídio Central de Porto Alegre, investiga-se o conjunto dialógico que articula sociedade e mídia em torno da problemática prisional e seus desdobramentos, notadamente na formulação de discursos eivados de motivações punitivas e negadoras dos Direitos Humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Celso Rodrigues, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Possui graduação em Ciências Sociais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1993), mestrado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1998) e doutorado em História pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2002). Atualmente é professor do Centro Universitário Metodista IPA e da Pontificia Universidade Católica do Rio Grande do Sul e coordenador do curso de Especialização em Ciências Criminais da FADIPA -Faculdade de Direito do IPA, professor do curso de Relações Internacionais da ESPM-Sul. É coordenador do Projeto Direitos Humanos na PrisãoTem experiência na área de História, Direito e Sociologia Jurídica, com ênfase em História das Idéias jurídicas e políticas e Sociologia Jurídica , atuando principalmente nos seguintes temas: Interdisciplinariedade, sociologia, Direito Penal, Estado, constituição, pensamento político e jurídico.
Gabriel Webber Ziero, Centro Universitário Metodista
Atualmente é acadêmico do último semestre do curso de Direito do Centro Universitário Metodista, do IPA. Formado pela Lucerne Academy for Human Rights Implementation (2013). Bolsista do Projeto de Extensão Direitos Humanos na Prisão. Ex-pesquisador do Projeto Impunidade da Sociedade Interamericana de Imprensa.

Referências

ARENDT, Hannah. A condição humana. 10. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2005.

BARRETO, Maria Cristina. Sofrimento social e violência na imprensa popular: a Folha de Pernambuco (1998-2002). 2005. Tese (Doutorado em Sociologia) – Programa de Pós-Graduação em Sociologia, UFP, João Pessoa, 2005.

BATISTA, Nilo. Mídia e sistema penal no capitalismo tardio. In: Discursos sediciosos: crime, direito e sociedade. Rio de Janeiro: Revan, Instituto Carioca de Criminologia, ano 7, n. 12, p. 271-288, 2º semestre, 2002.

BAUMAN, Zigmund. Comunidade. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2003.

BECK, Ulrich. A ciência é causa dos principais problemas da sociedade industrial. Entrevista concedida para Antoine Reverchon. Folha de São Paulo, São Paulo, 20 nov. 2001. Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ciencia/fe2011200101.htm - Acesso em: 27 dez. 2012.

BRASIL. Sistema Integrado de Informações Penitenciárias – InfoPen, dados de dezembro de 2011. Disponível em:

http://portal.mj.gov.br/depen/data/Pages/MJD574E9CEITEMIDC37B2AE94C6840068B1624D28407509CPTBRNN.htm

Acesso em: 14 dez. 2012

BRUM, Eliane. A imprensa que estupra – parte 2. Revista Época. Disponível em: http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/eliane-brum/noticia/2012/05/imprensa-que-estupra-parte-2.html

Acesso em: 27 dez. 2012.

______. A imprensa que estupra – parte 3. Revista Época. Disponível em: http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/eliane-brum/noticia/2012/05/imprensa-que-estupra-parte-3.html

Acesso em: 27 dez. 2012b.

BRUNET, Júlio Francisco Gregory. As prefeituras e os presídios. Zero Hora, Porto Alegre, 30 jun. 2012. Disponível

em: http://www.seplag.rs.gov.br/upload/as_prefeituras_e_os_presidios.pdf - Acesso em: 17 fev. 2013.

BUCCI, Eugênio. Na TV, os cânones do jornalismo são anacrônicos. In: BUCCI, E.; KEHL, M. (Org.). Videologias: ensaios sobre a televisão. São Paulo. Editora Boitempo, p. 127-140, 2004.

CALDEIRA, Teresa. Cidade de muros: crime, segregação e cidadania em São Paulo. São Paulo: Ed. 34/Edusp, 2010.

COSTA, José Luis. Para cumprir meta de reduzir lotação no Presídio Central de Porto Alegre, governo terá de acelerar obras em outras cadeias. Zero Hora. Porto Alegre, 13 abr. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2012/04/para-cumprir-meta-de-reduzir-lotacao-no-presidio-central-de-porto-alegregoverno-tera-de-acelerar-obras-em-outras-cadeias-3725856.html - Acesso em: 27 dez. 2012.

_____. Justiça libera 500 presos que deveriam cumprir pena no regime semiaberto: assaltantes, traficantes e ladrões de carros estão entre os cerca de 90 apenados que serão soltos. Zero Hora. Porto Alegre. 27 dez. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2012/12/justica-libera-500-presos-quedeveriam-cumprir-pena-no-regime-semiaberto-3994800.html - Acesso em: 07 fev. 2012b.

DELEUZE, Gilles. Post-scriptum: sobre as sociedades de controle. In: DELEUZE, Gilles. Conversações: 1972-1990. Rio de Janeiro: Ed. 94. 1992. p. 219-226.

DORNELLES, Renato. Falange gaúcha: o Presídio Central e a história do crime organizado no RS. Porto Alegre: RBS Publicações, 2008.

ETCHICHURY, Carlos. 2008. Especial ZH: Presídio Central - Uma vergonha revelada. Zero Hora. Porto Alegre, 15 nov. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2008/11/especial-zh-presidio-central-umavergonha-revelada-2295722.html

Acesso em: 27 dez. 2012.

______. Especial ZH: Presídio Central – É no C que o inferno arde. Zero Hora. Porto Alegre, 15 nov. 2012.

Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2008/11/especial-zh-presidio-central-e-no-c-que-oinferno-arde-2295782.html

Acesso em: 27 dez. 2012.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir. 22. ed. Petrópolis: Vozes, 1987.

______. A ordem do discurso. 5. ed. São Paulo: Loyola, 1999.

______. A verdade e as formas jurídicas. Rio de Janeiro: Nau, 2002.

GARAPON, Antoine. O juiz e a democracia: o guardião de promessas. Rio de Janeiro: Renavan, 1999.

HALL, Stuart. Codificação/Decodificação. In: HALL, Stuart. Da diáspora. Belo Horizonte: UFMG, 2003. p. 387-404.

INTERNATIONAL CENTRE FOR PRISON STUDIES. World Prison Brief – Entire world Prison Population Totals. Disponível em: http://www.prisonstudies.org/info/worldbrief/wpb_stats.php?area=all&category=wb_poptotal

Acesso em: 14 dez. 2012.

KARAM, Maria. A privação da liberdade: o violento, danoso, doloroso e inútil sofrimento da pena. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2009.

MAFFESOLI, Michel. O instante eterno: o retorno trágico nas sociedades pós-modernas. São Paulo: Zouk, 2003.

MARIANI, Bethânia. Sobre um percurso de análise do discurso jornalístico – A Revolução de 30. In: INDURSKY, Freda; FERREIRA, Maria Cristina Leandro (Org.). Os múltiplos territórios da Análise do Discurso. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 1999. p. 102-121.

MELLO, Marco Antônio da Silva; SIMÕES, Soraya Silveira; FREIRE, Letícia Luna. Um endereço na Cidade: a experiência urbana carioca na conformação de sentimentos sociais e sensibilidades jurídicas. In: LIMA, Roberto Kant de; ELIBAUM, Lucia; PIRES, Lenin (Org.). Conflitos, Direitos e Moralidades em Perspectiva Comparada – volume II. Rio de Janeiro: Garamond Editora, 2010.

PEREIRA, Carlos. Linguagens da violência. In: PEREIRA, Carlos, et al. (Org.). Linguagens da violência. Rio de Janeiro: Rocco, 2000. p. 13-23, 2000.

PORTAL DA IMPRENSA, Redação. Globo sobe em classificação e se torna segunda maior emissora de TV do mundo. Portal da Imprensa. Disponível em: http://portalimprensa.uol.com.br/noticias/brasil/49592/globo

+sobe+em+classificacao+e+se+torna+segunda+maior+emissora+de+tv+do+mundo

Acesso em: 27 dez. 2012.

RAMOS, Silvia; PAIVA, Anabela. Como os jornais retratam a violência e a segurança pública no Brasil. In: Boletim Segurança e Cidadania. Rio de Janeiro: CESeC, ano 4, n. 10, p. 1-16, 2005.

______. Mídia e violência: novas tendências na cobertura de criminalidade e segurança no Brasil. Rio de Janeiro: IUPERJ, 2007.

RANCIÉRE, Jacques. As novas razões da mentira. Folha de S. Paulo, São Paulo, 22 ago. 2012, p. 3. Disponível em:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/mais/fs2208200403.htm

Acesso em: 27 dez. 2012

RODRIGUES, Celso. Razão e subjetividade na construção do pensamento político brasileiro. 2002. Tese (Doutorado em História) – Faculdade de História, PUCRS, Porto Alegre, 2002.

RONDELLI, Elizabeth. Imagens da Violência. In: Tempo Social, São Paulo, v. 10, n. 2, p. 145-157, out. 1998.

SALINET, Roberta. Direção do Presídio Central de Porto Alegre teme atraso nas obras. G1 Rio Grande do Sul. Porto Alegre, 10 abr.. Disponível em: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2012/04/direcao-dopresidio-central-de-porto-alegre-teme-atraso-nas-obras.html

Acesso em: 27 dez. 2012.

SARTORI, Giorgio. Homo Videns: televisão e pós-pensamento. Bauru, SP: EDUSC, 2001.

SOARES, Luiz Eduardo. A crise no Rio e o pastiche midiático. Disponível em: http://luizeduardosoares.blogspot.com.br/2010/11/crise-no-rio-e-o-pastiche-midiatico.html

Acesso em: 04 ago. 2012.

VAN DIJK, Teun. Handbook of Discourse Analysis. London: Academie Press, 1985. Vol. 4.

YOUNG, Jock. A Sociedade Excludente. Rio de Janeiro: Editora Revan, 2002.

ZERO HORA. Yeda confirma implosão do Central. Zero Hora, Porto Alegre, 06 jun. 2012. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2008/06/yeda-confirma-implosao-do-presidio-central-1934172.html

Acesso em: 27 dez. 2012.

______. Relator do Sistema Carcerário compara Presídio Central aos campos de concentração nazistas. Zero Hora. Porto Alegre. 24 jun. 2012. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/noticia/2008/06/relator-dosistema-carcerario-compara-presidio-central-aos-campos-de-concentracao-nazistas-1996501.html

Acesso em: 27 dez. 2012.

______. Fogaça: colocaria o Presídio Central abaixo no primeiro dia de mandato. Zero Hora, Porto Alegre. 22 set. 2012. Disponível em:

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/politica/noticia/2010/09/fogaca-colocaria-opresidio-central-abaixo-no-primeiro-dia-de-mandato-3048523.html

Acesso em: 27 dez.2012.

______. A prioridade é o Presídio Central. Zero Hora. Porto Alegre. 14 dez. 2012. Disponível em: http://www.clicrbs.com.br/anoticia/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a3141630.xml&template=3898.dwt&edition=16085&section=1001

Acesso em: 07 jan. 2013.

______. Debate ZH: o que pode ser feito para resolver os problemas do Presídio Central? Zero Hora, Porto

Alegre, 2012. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/mural/o-que-pode-ser-feito-para-resolver-osproblemas-do-presidio-central-150948.html Acesso em: 27 dez. 2012.

______. Michels chama debate sobre Central de “irracional” e diz que governo se envergonha do presídio. Zero Hora, Porto Alegre, 2012. Disponível em: http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2012/04/

michels-chama-debate-sobre-central-de-irracional-e-diz-que-governo-se-envergonha-do-presidio-3725955.html

Acesso em: 17 fev. 2013.

Publicado
2014-09-12
Como Citar
Rodrigues, C., & Ziero, G. W. (2014). Mídia, subjetividades sociais e direitos humanos: o Presídio Central de Porto Alegre. Revista FAMECOS, 21(2), 563-594. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2014.2.15816
Seção
Jornalismo