No encalço das mulheres de Chicago: conexões orgânicas e radicais do pragmatismo clássico americano

2017-03-13

O texto da pesquisadora Maria João Silveirinha (Universidade de Coimbra) procura reencontrar as ligações pragmáticas desenvolvidas em Chicago na virada para o século XX a uma visão feminista da sociedade como um todo orgânico. Para o efeito, revisita o contributo de Jane Addams, uma das pioneiras teóricas sociais americanas. Embora não diretamente associada com a Escola de Chicago, o seu trabalho seria muito influente para diversos autores da Escola que também a influenciaram. Destes, destaca particularmente John Dewey e tenta estabelecer as ligações entre o seu pensamento sobre comunidade, o centramento do pragmatismo americano clássico na comunicação e as transformações feministas da ética. Conclui com uma referência à urgência de reler Addams e Dewey nos seus entendimentos de comunidade, em tempos neoliberais que levaram ao recente fecho do que restava, em termos práticos, do importante trabalho de Jane Addams nas comunidades que ela procurou desenvolver e fortificar. Leia o texto completo no link abaixo.

http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/22744/14610