Crítica de cinema e patrulha ideológica: o caso Xica da Silva de Carlos Diegues

2017-01-09

O cineasta Carlos Diegues cunhou em 1978 o termo “patrulhas ideológicas” em referência a alguns críticos de cinema de esquerda que tentariam controlar a produção artística, a partir de suas motivações políticas. O ponto de atrito inicial nasceu após os comentários negativos da imprensa alternativa sobre Xica da Silva (1976). O artigo da pesquisadora Margarida Maria Adamatti (ECA-USP) examina a recepção crítica dos jornais ao filme de Diegues, fornecendo especial atenção aos textos que criaram o debate. Naquele momento, a cultura do nacional popular era usada como critério de análise para os filmes brasileiros. A pesquisa elucida os bastidores e a polêmica interna causada por Xica no jornal alternativo Opinião, num período de crescente fragmentação da esquerda. Leia o texto completo no link abaixo.

 http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistafamecos/article/view/23120/14605