Kate Chopin na Língua

  • Adriana C. Ruggeri Quinelo da Silva PucRS
Palavras-chave: aparelho formal, subjetividade, enunciação.

Resumo

O presente artigo é uma análise de um conto americano, A História de Uma Hora (The Story of an Hour), de 1894, de Kate Chopin, à luz da teoria de Émile Benveniste no sentido de corroborar a hipótese de que a autora se marca no emprego da Língua Inglesa e se faz presente no mundo trazendo a sua subjetividade indiretamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana C. Ruggeri Quinelo da Silva, PucRS
DEPARTAMENTO DE LETRAS, Pós Graduação, Nível Doutorado, Teoria do Discurso, interface com Tradução Literária
Publicado
2010-12-21
Como Citar
Quinelo da Silva, A. C. R. (2010). Kate Chopin na Língua. Letrônica, 3(1), 197-209. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/letronica/article/view/6789