O experimentalismo democrático de Mangabeira Unger como alternativa progressista

  • Giovane Martins Vaz dos Santos Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Experimentalismo Democrático. Mangabeira Unger. Liberalismo. Social-Democracia.

Resumo

O objetivo desse artigo é analisar a doutrina do experimentalismo democrático, do filósofo brasileiro Mangabeira Unger, como uma alternativa aos desenhos institucionais predominantes no Ocidente contemporâneo. Na primeira parte, exponho a crítica de Unger às doutrinas liberal e social-democrata, e às tradições constitucionais de Weimar e Madison. Essas são, na visão do filósofo, engessadas em um conjunto de instituições básicas que são incapazes de se reinventar. Na segunda parte, discuto os pressupostos filosóficos da doutrina do experimentalismo democrático, apresentando uma visão acerca da democracia, da humanidade e do Brasil. Por fim, apresento a doutrina do experimentalismo democrático de Unger como uma alternativa progressista ao reformismo de esquerda.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARGUELHES, Diego Werneck. Entre ideias e instituições: considerações sobre Mangabeira Unger e a "situação constitucional" do Brasil. Revista de Direito Administrativo, Rio de Janeiro, v. 257, p. 73-89, mai. 2011. ISSN 2238-5177. Disponível em <http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rda/article/view/8586>. Acesso em: 30 Mai. 2019. doi:http://dx.doi.org/10.12660/rda.v257.2011.8586.

RAWLS, John. 2007. Lecciones sobre la historia de la filosofía moral. Barcelona : Paidós, 2007.

RORTY, Richard. A filosofia e o espelho da natureza. Trad. Antonio Trânsito; revisão César Ribeiro de Almeida. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, 1995.

______. Contingência, ironia e solidariedade. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

TEIXEIRA, Carlos Sávio. Experimentalismo e democracia em Unger. Lua Nova, n.80, p.45-69, 2010. ISSN 0102-6445. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-64452010000200003&lng=en&nrm=iso>. Acesso em: 30 Mai. 2019. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-64452010000200003.

UNGER, Roberto Mangabeira. A constituição do experimentalismo democrático. Revista de Direito Administrativo, Rio de Janeiro, v. 257, p. 57-72, mai. 2011. ISSN 2238-5177. Disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rda/article/view/8584>. Acesso em: 30 Mai. 2019. doi:http://dx.doi.org/10.12660/rda.v257.2011.8584.

______. Democracy realized: the progressive alternative. 2. ed. Nova Iorque: Verso, 2000.

Publicado
2019-12-18
Como Citar
Martins Vaz dos Santos, G. (2019). O experimentalismo democrático de Mangabeira Unger como alternativa progressista. Intuitio, 12(2), e34320. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2019.2.34320