Rosto e responsabilidade na filosofia da alteridade em Emmanuel Levinas

  • Daniel Ribeiro de Almeida Chacon Faculdade de Filosofia e Teologia
Palavras-chave: Alteridade, Emmanuel Levinas, Rosto do Outro.

Resumo

O presente artigo quer apresentar os aspectos fundamentais da noção de rosto presentes na ética da alteridade proposta por Emmanuel Levinas. Nesse sentido, a partir da categoria da alteridade, a questão da responsabilidade radical por outrem irá emergir como importante elemento da filosofia levinasiana. Com efeito, devido à originalidade e a influência deste novo caminho, percebe-se a urgência de transcender as solitudes discursivas, repensando o lugar do outro na reflexão filosófica. As considerações desta pesquisa se põem na perspectiva de que a relação entre ética e responsabilidade por outrem constitui um complexo e essencial drama para o campo de pesquisa filosófica. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Ribeiro de Almeida Chacon, Faculdade de Filosofia e Teologia
Atualmente é Mestrando em Filosofia na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia; Especialista em Ciências da Religião e em Educação (Inspeção Escolar e Supervisão Escolar) e Licenciado em Pedagogia, ambos pela Faculdade de Educação e Tecnologia - Fetremis; Licenciado em Filosofia pela Universidade Católica de Brasília, Bacharelando em Filosofia na Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia e Bacharel em Teologia pelo Centro Universitário Metodista Izabela Hendrix (FATE-BH). Tem atuado como professor no Seminário Batista de Minas Gerais no curso de Bacharel em Teologia.

Referências

BUCKS, René. A Bíblia e a ética: A relação entre a filosofia e a Sagrada Escritura na obra de Emmanuel Levinas. São Paulo: Loyola, 1997.

HUTCHENS, B.C. Compreender Lévinas. Tradução de Vera Lúcia Mello Jocelyne. Petrópolis: Vozes, 2007.

LEVINAS, Emmanuel. Totalidade e infinito. Tradução de José Pinto Ribeiro. Lisboa: Edições 70, 2008.

______. Ética e infinito: diálogos com Philippe Nemo. Tradução de João Gama. Lisboa: Ed. 70, 1982.

______. Entre Nós: Ensaios sobre a alteridade. Tradução de Pergentino Stefano Pivatto (coord.) Petrópolis: Vozes, 1997.

______. De Deus que vem à ideia. Tradução de Pergentino Stefano Pivatto (coord.). Petrópolis: Vozes, 2002.

______. Humanismo do outro homem. Tradução de Pergentino S. Pivato (coord.). Petrópolis: Vozes, 1993.

MELO, Nélio Vieira de. A Ética da alteridade em Emmanuel Levinas. Porto Alegre: EDIPUCRS; Recife: INSAF, 2003.

PIVATTO, Pergentino Stefano. Ética da alteridade. In: OLIVEIRA, Manfredo. Correntes fundamentais da ética contemporânea. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2001. p. 78-97.

POIRIÉ, François. Emmanuel Lévinas: ensaio e entrevistas. Tradução de J. Guinsburg, et al. São Paulo: Perspectiva, 2007.

RIBEIRO JUNIOR, Nilo. Sabedoria de Amar: a ética no itinerário de Emmanuel Levinas. São Paulo: Loyola, 2005.

VÁZQUEZ, Moro Ulpiano. A teologia interrompida, para uma interpretação de E. Levinas. Perspectiva Teológica, n. 14, p. 51 – 73, 1982.

Publicado
2015-12-03
Como Citar
Chacon, D. R. de A. (2015). Rosto e responsabilidade na filosofia da alteridade em Emmanuel Levinas. Intuitio, 8(2), 15-24. https://doi.org/10.15448/1983-4012.2015.2.19599
Seção
Artigos