Sobre o ensino de história

  • Nuncia Maria Santoro de Constantino

Resumo

O trabalho proprõe uma reflexão sobre o ensino de História que sofre um esvaziamento progressivo. Evoca-se os objetivos da disciplina que não podem ser alcançados em decorrência de uma metodologia de ensino inadequada que por sua vez, não enfatiza o desenvolvimento de habilidades mentais como o pensamento crítico que é imprescindível à compreensão da História e que, analisadas determinadas características do povo brasileiro, tornase meta fundamental do ensino desta disciplina. O trabalho refere-se também a um Estudo Exploratório, realizado em 1981, que revelou atitude positiva de professores de História do 2° grau com relação à necessidade de utilizar-se, em sala de aula, procedimentos crítico e que revelou os empecilhos encontrados por aqueles professores à implementação de um ensino satisfatório de História. Tais empecilhos dizem respeito à estrutura educacional brasileira. O trabalho sugere, por fim, questões para serem aprofundadas e enfatiza a necessidade de recolocar-se a História a sua importante posição curricular. N.M.S.C

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1982-12-31
Como Citar
Santoro de Constantino, N. M. (1982). Sobre o ensino de história. Estudos Ibero-Americanos, 8(1), 137-143. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1982.1.30613
Seção
Artigos