A revista Cercle et Carré e a crise dos projetos messiânicos

  • Maria Lúcia Bastos Kern

Resumo

Os artistas que fundaram a revista Cercleet Carré, em Paris, em 1930, foram caracterizados por trazer diferentes tendências internacionais de arte juntos. Seus projetos estéticos são baseados em visões messiânicas. No entanto, muitos deles abandonaram, em parte, essas concepções, aproximando-se a ciência ou formalismo. O presente estudo tem por objetivo analisar as ideias selecionadas de diferentes escritores na revista, tentando contextualizar essas ideias, sobre os seus objetivos e os problemas que enfrentam.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1997-12-31
Como Citar
Kern, M. L. B. (1997). A revista Cercle et Carré e a crise dos projetos messiânicos. Estudos Ibero-Americanos, 23(2), 29-45. https://doi.org/10.15448/1980-864X.1997.2.28273
Seção
Artigos