O mito da cidade moderna e a arte: Torres-García e Xul Solar

  • Maria Lúcia Bastos Kern
Palavras-chave: Modernidade, Cidade, Pintura moderna

Resumo


A cidade se constitui como o espaço privilegiado para criar a estética da modernidade, visto que ela proporciona novas percepções a respeito das noções de espaço e tempo, permitindo aos artistas absorverem no seu fluxo incessante de mudanças os signos dos novos tempos. O presente artigo tem o fim de analisar as obras de dois artistas modernos platinos – Joaquín Torres-García e Xul Solar – e verificar como a cidade é utilizada para a elaboração das suas poéticas e é concebida e mitificada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2004-12-31
Como Citar
Kern, M. L. B. (2004). O mito da cidade moderna e a arte: Torres-García e Xul Solar. Estudos Ibero-Americanos, 30(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2004.2.1317
Seção
Artigos