Moçambique 41 anos Depois: ‘Crónica’ de uma Imaturidade Política

  • Sheila Khan Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade do Minho
Palavras-chave: independência, maturidade, FRELIMO, RENAMO

Resumo

O presente ensaio procura pensar Moçambique nos 41 anos da sua independência. Fruto de uma hegemonia política personificada pela FRELIMO, Moçambique vive hoje o assombro das hostilidades militares com a RENAMO. Num jogo inoperativo de negociações e mediações, a maturidade que outrora se celebrou caiu perante uma realidade desassossegada com questões relacionadas com corrupção, dívidas ocultas e uma grande resistência de, efetivamente, se aceitar a democracia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

CAN, Nazir. Para Além da História. Campo de Trânsito de João Paulo Borges Coelho. In: Revista Via Atlântica, São Paulo, USP, n. 16, p. 105-117, 2009.

CRAVEIRINHA, José. Xigubo. Lisboa: Edições 70, 1980.

GEFFRAY, Christian. La cause des armes au Mozambique: Anthropologie d'une guerre civile. Paris: Editions Kartala, 1990.

IGREJA, Victor. Memories as weapons: The politics of peace and silence in post-civil war Mozambique. In: Journal of Southern African Studies, v. 34, n. 3, p. 539-556, 2008. http://dx.doi.org/10.1080/03057070802259720

KHAN, Sheila. Imigrantes Africanos Moçambicanos. Narrativa de Imigração e de Identidade e Estratégias de Aculturação em Portugal e na Inglaterra. Lisboa: Edições Colibri, 2009.

______. Narrativas, rostos e manifestações do pós-colonialismo moçambicano nos romances de João Paulo Borges Coelho. In: Revista Gragoatá, Niterói, n. 24, p. 131-144, 2008.

LABAN, Michel. Moçambique. Encontro com Escritores. Porto: Fundação Eng. António de Almeida, 1998. Vol. III.

MACHEL, Samora. Mensagem ao povo de Moçambique – Tomada de Posse do Governo de Transição em 20 de Setembro de 1974. Porto: Ed. Afrontamento, 1974.

NHANTUMBO, Noé. Democracia monocromática, em andamento ou em solidificação. In: Canalmoz, ano 8, n. 1789, set. 2016. p. 3.

TIMÓTEO, Adelino. O País do Nunca Mais. In: Canalmoz, ano 8, n. 1790, set. 2016. p. 3-4.

CAHEN, Michel. A hegemonia da FRELIMO é uma ameaça à democracia. In: Savana, 10 jun. 2016. p. 15-16.

DIOGO, Luísa. As aldeias comunais eram necessária. In: Savana, 26 ago. 2016. p. 3.

REBELO, Jorge. Se a rutura acontecer, que venha. In: Savana, 27 maio 2016. p. 4-5.

VINES, Alex. Como é que Moçambique consegue gerir a crise da dívida? In: Savana, 27 maio 2016. p. 5.

Publicado
2016-11-24
Como Citar
Khan, S. (2016). Moçambique 41 anos Depois: ‘Crónica’ de uma Imaturidade Política. Estudos Ibero-Americanos, 42(3), 944-960. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2016.3.25257
Seção
Dossiê: 40 anos de independência em África