A descolonização portuguesa e as batalhas da memória

Palavras-chave: ---

Resumo

Resenha de: ROSAS, Fernando; Machaqueiro, Mário; Oliveira, Pedro Aires (Org.). O Adeus ao Império – 40 anos de descolonização portuguesa. Lisboa: Nova Vega, 2015.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Inácia Rezola, Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa

Doutorada em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (especialidade História Institucional e Política Contemporânea). É Professora Adjunta na Escola Superior de Comunicação Social do Instituto Politécnico de Lisboa e investigadora do Instituto de História Contemporânea (IHC-FCSH/UNL).

Referências

Acusamos! A descolonização. Lisboa: Edição Literal e jornal O Retornado, 1976.

FERREIRA, José Medeiros, Portugal em Transe. In: Mat Toso, José (Dir.). História de Portugal. Lisboa, Círculo de Leitores, 1994. Vol. 8.

RIBEIRO, General Gonçalves, A vertigem da Descolonização. Da agonia do exôdo à cidadania plena. Lisboa: Inquérito, 2007.

Rodrigues , Luis Nuno, Spínola, Lisboa: A Esfera dos Livros, 2010.

ROSAS, Fernando; Machaqueiro , Mário; Oliveira , Pedro Aires (Org.). O Adeus ao Império – 40 anos de descolonização portuguesa. Lisboa: Nova Vega, 2015.

Publicado
2016-11-24
Como Citar
Rezola, M. I. (2016). A descolonização portuguesa e as batalhas da memória. Estudos Ibero-Americanos, 42(3), 1013-1017. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2016.3.23068