O tropeiro e a origem da burguesia no Cone Sul (Mendoza, século XVIII)

  • Pablo Lacoste
Palavras-chave: Carreta, Mobilidade social, Cultura empresarial

Resumo


Este artigo aprofunda a análise sobre a carreta e o tropeiro, para definir em que medida contribuíram para o processo de construção de uma cultura empresarial na América Colonial, levando ao surgimento de uma burguesia. Atenta-se, em especial, para temas como mobilidade social, riscos empresariais, fomento do crédito em confiança ou por hipoteca de carretas, circulação de idéias e configuração de um ethos capitalista. Este trabalho constitui a continuação e a conclusão de um anterior intitulado “Carretas y transporte terrestre bioceánico: la ruta Buenos Aires-Mendoza en el siglo XVIII” (Estudos Ibero-Americanos, vol. XXXI, nº 1, 2005).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2005-12-31
Como Citar
Lacoste, P. (2005). O tropeiro e a origem da burguesia no Cone Sul (Mendoza, século XVIII). Estudos Ibero-Americanos, 31(2). https://doi.org/10.15448/1980-864X.2005.1.1344
Seção
Artigos