Inclusão social: uma proposta de integração articulada de políticas sociais públicas

  • Carlos Nelson dos Reis

Resumo

Apesar de a literatura nacional e internacional passarem a demonstrar um maior interesse pelo estudo e pelo aprofundamento do fenômeno da exclusão social a partir dos anos 80 do século XX, ele não deve ser considerado como contemporâneo, pois sua existência remonta a diferentes tempos da história. Em realidade, a exclusão social abrange diversas expressões e define-se a partir da situação e do momento político, econômico e social de cada local ou região onde ocorra. Em paralelo a sua existência, têm-se os movimentos da atividade produtiva, que, para evoluir, necessitam de um conjunto de ajustes e de mudanças científicas e tecnológicas, as quais muitas vezes, são responsáveis pelo aumento do contingente dos excluídos socialmente. O presente texto tem por objetivo, primeiro, pontuar aspectos teóricos para a compreensão do significado de exclusão social; e segundo, desenvolver, ainda que preliminarmente, uma proposta de integração de políticas sociais que atenda à realidade da exclusão no Brasil.
Palavras-chave – Inclusão social. Sujeito social. Políticas sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-10-26
Como Citar
Reis, C. N. dos. (2006). Inclusão social: uma proposta de integração articulada de políticas sociais públicas. Textos & Contextos (Porto Alegre), 4(1), 1-26. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass/article/view/998
Seção
A Proteção Social e os Desafios das Políticas Públicas