A dimensão técnico-operativa do Serviço Social em foco: sistematização de um processo investigativo

  • Regina Célia Tamaso Mioto Universidade Federal de Santa Catarina
  • Telma Cristiane Sasso de Lima Universidade Federal de Alagoas

Resumo

O presente artigo problematiza a dimensão técnico-operativa do exercício profissional dos assistentes sociais, no contexto do projeto da profissão, articulando-a às dimensões teórico-metodológica e ético-política. Apresenta, inicialmente, algumas observações sobre questões vinculadas ao exercício profissional, tendo como base a produção bibliográfica da área de Serviço Social e dados de pesquisas referentes ao trabalho profissional. Em seguida, concentra-se na definição e discussão das ações profissionais, entendendo-as como o vetor fundamental para o desvelamento dos processos interventivos dos assistentes sociais. Posteriormente, discute como tais ações se articulam e se diferenciam entre si, chegando à proposição de três eixos articuladores, intrínsecos e dialeticamente relacionados, denominados de processos político-organizativos, processos de gestão e planejamento e processos socioassistenciais. Finalmente expõe possíveis contribuições da sistematização efetuada.

Palavras-chave − Serviço Social. Exercício profissional. Dimensão técnico-operativa. Ações profissionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-08-13
Como Citar
Mioto, R. C. T., & de Lima, T. C. S. (2009). A dimensão técnico-operativa do Serviço Social em foco: sistematização de um processo investigativo. Textos & Contextos (Porto Alegre), 8(1), 22-48. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass/article/view/5673
Seção
Processos interventivos do Serviço Social: fundamentos e o trabalho com famílias