Ainda sobre os 80 anos do Serviço Social: direitos sociais em tempos de ruptura democrática / More About the 80th Anniversary of Social Services: social rights in times of democratic breakdown

  • Beatriz Augusto de Paiva Universidade Federal de Santa Catarina
  • Jaime Hillesheim
Palavras-chave: ruptura democrática, direitos sociais, serviço social,

Resumo

O artigo possui como feixe temático o processo contemporâneo que reedita ciclo de ruptura da institucionalidade democrática no Brasil, desencadeado pelas forças reacionárias/conservadoras de agosto de 2016. Para as classes trabalhadoras estão em curso duras consequências da crise econômica mundial, combinadas com a disputa política decorrentes de uma governabilidade ilegítima: desemprego massivo, contenção salarial, perda de históricos direitos trabalhistas e garantias sociais recém-conquistadas, em suma, agravamento da pauperização, no cenário histórico da superexploração e dependência. Com esses vetores de análise, o fio condutor da reflexão versará sobre as contradições que sobredeterminam os direitos sociais e as políticas sociais na periferia do capitalismo, atentando para as modulações dos direitos sociais no contexto da programática neodesenvolvimentista e de seu desmonte, bem como acerca dos dilemas contemporâneos do serviço social na intrincada conjuntura de afirmação/regressão dos direitos sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Beatriz Augusto de Paiva, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP), Professora do Curso de Graduação e de Pós-Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Coordenadora do PPGSS, pesquisadora vinculada ao Núcleo de Estudos e Pesquisas Trabalho e Política Social na América Latina "Veias Abertas", do Instituto de Estudos Latino-Americanos (IELA/UFSC).
Jaime Hillesheim
Doutor em Serviço Social pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Professor do Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Chefe de Departamento, pesquisador vinculado ao Núcleo de Estudos e Pesquisas: Trabalho, Questão Social e América Latina.

Referências

BRAZ, Marcelo. Capitalismo, crise e lutas de classes contemporâneas: questões polêmicas. Revista Serviço Social e Sociedade, São Paulo, n. 111, p. 468-492, jul./set. 2012.

COUTINHO, Carlos Nelson. Democracia e socialismo. São Paulo: Cortez, 1992.

FERNANDES, Florestan. A revolução burguesa no Brasil. 5. ed. São Paulo: Globo, 2006.

FILGUEIRAS, Luiz. Padrão de desenvolvimento, desenvolvimentismo e dependência no Brasil. Jornal dos Economistas, n. 290, p. 13-14, set. 2013. Rio de Janeiro: Corecon/Sindecon, 2013. Disponível em: http://www.corecon-rj.org.br/documents/11827/13953/Setembro+-+2013+%28n%C2%BA290%29/5378069f-5807-472d-948c-cc870df66512?version=1.1. Acesso em: 15 mar. 2015.

FRANK, Andre Gunder. Latinoamérica: subdesarrollo capitalista o revolución socialista. Pensamiento Crítico, Habana, n. 13, pp. 3-41 1968. Disponível em: http://www.filosofia.org/rev/pch/1968/pdf/n13p003.pdf. Acesso em: 9 jan. 2016.

GONÇALVES, Reinaldo. Redução da desigualdade da renda no governo Lula: análise comparativa. In: SALVADOR, Evilásio et al (Org.). Financeirização, fundo público e política social, São Paulo: Cortez, 2012.

HILLESHEIM, Jaime. Conciliação trabalhista: ofensiva sobre os direitos dos trabalhadores na periferia do capitalismo. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2016.

LEHER, Roberto. Ideologia do desenvolvimento, pobreza e hegemonia. In: MOTA, A. E. (Org.) Desenvolvimento e construção de hegemonia: crescimento econômico e reprodução da desigualdade. São Paulo: Cortez, 2012.

MARINI, Ruy Mauro. Dialética da dependência no Brasil. In: ______. Subdesenvolvimento e Revolução. Coleção Pátria Grande. Florianópolis: Insular, 2012, p.73/162.

MEDEIROS, M.; SOUZA, P. H. G. Ferreira de; CASTRO, F. A. de. O topo da distribuição de renda no Brasil: primeiras estimativas com dados tributários e comparação com pesquisas domiciliares (2006-2012). Dados [online]. 2015, v. 58, n. 1, pp. 7-36. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0011-52582015000100007&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 5 maio 2016.

MÉSZÁROS, István. Filosofia, ideologia e ciência social: ensaios de negação e afirmação. São Paulo: Ensaio, 1993.

______. A crise estrutural do capital. São Paulo: Boitempo, 2011.

MOTA, Ana Elizabete; AMARAL, Ângela Santana de. Reestruturação do capital, fragmentação do trabalho e serviço social. In: MOTA, Ana Elizabete (Org.). A nova fábrica de consensos. São Paulo: Cortez, 1998.

NETTO, José Paulo. Ditadura e serviço social: uma análise do serviço social pós-64. São Paulo: Cortez, 1991.

PAIVA, Beatriz; ROCHA, Mirela; CARRARO, Dilceane. Política social na América Latina: ensaio de interpretação a partir da teoria marxista. SER Social, Brasília, v. 12, n. 26, p. 147-175, jan./jun. 2010.

_______. Cartografia teórico-metodológica no estudo da proteção socioassistencial básica no SUAS. In: PAIVA, Beatriz (Org.) Sistema Único de Assistência Social em perspectiva: direitos, política pública e superexploração. São Paulo: Veras, 2014.

PFEIFER, Mariana. Bresser-Pereira e o pacto neodesenvolvimentista. Revista Temporalis, Brasília (DF), ano 13, n. 26, p. 11-36, jul./dez. 2013.

SILVA, Marcos Fernandes G. da. "Raiva de pobre": um brevíssimo ensaio de economia política do desenvolvimento. Disponível em: http://politica.estadao.com.br/blogs/gestao-politica-e-sociedade/raiva-de-pobre-um-brevissimo-ensaio-de-economia-politica-do-desenvolvimento/. Acesso em: 6 maio 2016.

WOOD, Ellen. M. Democracia contra o capitalismo. São Paulo: Boitempo, 2003.

Publicado
2016-12-19
Como Citar
Paiva, B. A. de, & Hillesheim, J. (2016). Ainda sobre os 80 anos do Serviço Social: direitos sociais em tempos de ruptura democrática / More About the 80th Anniversary of Social Services: social rights in times of democratic breakdown. Textos & Contextos (Porto Alegre), 15(2), 234 - 249. https://doi.org/10.15448/1677-9509.2016.2.25311
Seção
Serviço Social e Teoria Marxista