Termos, relacionamentos e representatividade na indexação de texto para recuperação de informação

  • Marco Gonzalez
  • Vera L. S de Lima
  • José V. de Lima

Resumo


Uma das fases da recuperação de informação é a indexação dos textos dos documentos. Nesta fase, um conjunto de descritores (termos e/ou relacionamentos entre termos) descreve conceitos (atômicos e/ou complexos) presentes nos textos. Diversas estratégias com tais finalidades são encontrados na bibliografia, algumas consideram dependência de termos e outras não. Com o objetivo de apresentar uma visão geral das estratégias de representação de textos que consideram dependência de termos, são descritas quatro experiências onde as representatividades dos relacionamentos dependem dos termos componentes (estratégias com índices múltiplos, com árvore binária, com triplas e com famílias morfológicas), três onde as representatividades dos relacionamentos dependem de suas próprias freqüências de ocorrência (estratégias com expressões de índice, com pares lematizados e com expressões ternárias), duas onde os relacionamentos são reconhecidos mas não são utilizados como descritores (estratégias com nodos temáticos e com conexões gramaticais) e uma experiência onde os relacionamentos são eminentemente estatísticos (estratégia com bitermos).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-09-22
Como Citar
Gonzalez, M., Lima, V. L. S. de, & Lima, J. V. de. (2006). Termos, relacionamentos e representatividade na indexação de texto para recuperação de informação. Letras De Hoje, 41(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/595
Seção
Artigos