Resolving pronouns to antecedents in commanding and non commanding positions: first results from ERP research

  • José Augusto Leitão
  • António Branco
  • Maria Mercedes Piñango
  • Luís Pires
Palavras-chave: cognitive processing, discourse, anaphora, pronoun resolution, event-related

Resumo

Procedemos ao teste da hipótese de que a implementação de dependências ao nível do discurso tem custos de processamento mais elevados do que a implementação de dependências apenas em termos sintáticos. Para tanto, usamos potenciais evocados por forma a examinar a implementação de ligações anafóricas estabelecidas de pronomes para antecedentes não comandantes (dependência com base no discurso), a qual colocamos em contraste com o processamento de ligações anafóricas estabelecidas para antecedentes comandantes (dependência com base apenas a sintaxe). Os resultados experimentais obtidos mostram um efeito do tipo N400 associado à formação da dependência entre pronome e antecedente não comandante. Esta negatividade acrescida para pronomes que são resolvidos para antecedentes não comandantes apoia a nossa hipótese de que processos com base no discurso colocam exigências computacionais ao sistema de compreensão diferentes das exigências colocadas por processos baseados apenas na sintaxe. Este tipo de dados é assim consistente com modelos de representação pronominal através dos quais os antecedentes são estabelecidos através de meios sintáticos e não sintáticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-09-09
Como Citar
Leitão, J. A., Branco, A., Piñango, M. M., & Pires, L. (2009). Resolving pronouns to antecedents in commanding and non commanding positions: first results from ERP research. Letras De Hoje, 44(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/5757
Seção
Tópico 1 – Cognição e computação