Um estudo variacionista sobre a lateral palatal

  • Silvia Figueiredo Brandão

Resumo

Neste trabalho, focaliza-se a variação da lateral palatal na variedade popular de treze comunidades do Estado do Rio de Janeiro, com base em dados selecionados de 78 inquéritos e com apoio nos fundamentos teóricos e metodológicos da Sociolingüística Variacionista. Analisam-se, em particular, três de suas variantes. Os resultados demonstram que uma delas é condicionada só por fatores lingüísticos, enquanto as duas outras são motivadas tanto por fatores lingüísticos quanto extralingüísticos. De acordo com os resultados da análise, sugere-se que, na fala dessas comunidades, coexistem dois padrões de variação, um, socialmente nãomarcado, outro, socialmente marcado. Palavras-chave – Lateral palatal; variação lingüística; variedade popular.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Brandão, S. F. (2008). Um estudo variacionista sobre a lateral palatal. Letras De Hoje, 42(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/2793
Seção
Artigos