A questão do método nos estudos literários

  • Roberto Acízelo de Souza Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Metodologia, Pluralismo e monismo metodológico, Metodofobia, Metodofilia

Resumo

O artigo parte de uma definição geral de método na atividade científica, para depois concentrar-se na fisionomia específica de que se reveste o conceito no campo dos estudos literários. Defende a tese de que, embora um tanto secundarizada na agenda atual dos estudos literários, a questão do método é incontornável no processo da pesquisa, sendo pois indispensável que se lhe conceda atenção reflexiva. ********************************************************** The issue of method in the literary studies This paper begins with a general definition of method in scientific activity, and then focus on the specific features the concept assumes in the field of literary studies. It defends the thesis that, in despite of its secondary position in the current agenda of literary studies, the issue of method is crucial in the research process, and therefore it is essential to grant it reflexive attention. Keywords: Methodology; Methodological pluralism and monism; Methodophobia; Methodophilia

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON IMBERT, Enrique. Métodos da crítica literária. Tradução de Eugénia Maria M. Madeira Aguiar e Silva. Coimbra: Almedina, 1971 [1969].

ASTI VERA, Armando. Metodologia da pesquisa científica. Tradução de Maria Helena Guedes Crespo e Beatriz Marques Magalhães. Porto Alegre: Globo, 1973 [1968].

BACON, Francis. Novum organum: ou verdadeiras indicações acerca da interpretação da natureza [1620]. In: BACON, Francis. Novum organum: ou verdadeiras indicações acerca da interpretação da natureza/Nova Atlândida. Tradução e notas de José Aluysio Reis de Andrade. São Paulo: Abril Cultural, 1979. p. 1-231.

BUNGE, Mario. La investigación científica: su estrategia y su filosofía. Traducción castellana de Manuel Sacristán. Barcelona: Ariel, 1976 [1969].

BUNGE, Mario. La ciência: su método y su filosofía. Buenos Aires: Siglo Veinte, 1977 [1960].

BUNGE, Mario. Epistemologia: curso de atualização. Tradução de Cláudio Navarra. São Paulo: T. A. Queiroz, 1987 [1980].

COMPAGNON, Antoine. O demônio da teoria: literatura e senso comum. Tradução de Cleonice Paes Barreto Mourão. Belo Horizonte: Ed. da UFMG, 1999 [1998].

CULLER, Jonathan. Teoria literária: uma introdução. Tradução de Sandra Guardini T. Vasconcelos. São Paulo: Becca, 1999.

DESCARTES, René. Discurso do método: para bem conduzir a própria razão e procurar a verdade nas ciências [1637]. In: DESCARTES, René. Discurso do método/Meditações/Objeções e respostas/As paixões da alma/Cartas. Introdução de Gilles-Gaston Granger. Prefácio e notas de Gérard Lebrun. Tradução de J. Guinsburg e Bento Prado Júnior. São Paulo: Abril Cultura, 1979. p. 25-71.

EAGLETON, Terry. Teoria da literatura: uma introdução. Tradução de Waltensir Dutra. São Paulo: Martins Fontes, 2003 [1983].

FERRATER MORA, José. Método. In: FERRATER MORA, José. Diccionario de filosofía. Buenos Aires: Sudamericana, 1971 [1941]. v. 2, p. 197-200.

FEYERABEND, Paul. Contra o método: esboço de uma teoria anárquica da teoria do conhecimento. Tradução de Octanny S. da Mota e Leonidas Hegenberg. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1989 [1975].

KANT, Immanuel. Crítica da razão pura: e outros textos filosóficos. Seleção de Marilena de Souza Chauí Berlinck. Tradução de Valério Rohden, Paulo Quintela, Rubens Rodrigues Torres Filho e Tânia Maria Bernkopf. São Paulo: Abril, 1974 [1781/1783/1785/1790/1793].

KANT, Immanuel. Crítica da razão pura. Tradução de Valério Rohden e Udo Baldur Moosburger. Apresentação de Valério Rohden. Consultoria de Marilena Chauí. São Paulo: Abril Cultural, 1980 [1781].

MAGALHÃES, Gildo. Introdução à metodologia da pesquisa: caminhos da ciência e tecnologia. São Paulo: Ática, 2005.

MORIN, Edgar. O método. Tradução de Maria Gabriela de Bragança, Emílio Campos Lima e J. Espadeiro Martins. Mem Martins: Europa-América, 1997-2005 [1977-2004]. 6 v.

SALOMON, Délcio Vieira. Como fazer uma monografia. Belo Horizonte: Interlivros, 1972.

TODOROV, Tzvetan. Estruturalismo e poética. Tradução de José Paulo Paes. São Paulo: Cultrix, 1970 [1968].

WELLEK, René; WARREN, Austin. Teoria da literatura. Tradução de José Palla e Carmo. Lisboa: Europa-América, 1962 [1949].

WELLEK, René; WARREN, Austin. Teoria da literatura e metodologia dos estudos literários. Tradução de Luiz Carlos Borges. São Paulo: Martins Fontes, 2003 [1949].

Publicado
2014-11-20
Como Citar
Souza, R. A. de. (2014). A questão do método nos estudos literários. Letras De Hoje, 49(4), 471-476. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2014.4.18478
Seção
História da Literatura e Comparatismo