Economia social, economia solidária, terceiro setor: do que se trata?

  • Noëlle Marie Paule Lechat

Resumo

A partir da segunda metade da década de 90, aparece na literatura acadêmica brasileira uma série de novas categorias que poderíamos agrupar sob as apelações de “terceiro setor” e “economia solidária”. A pesquisa concentra-se na segunda categoria e tem por objetivo identificar sua origem e a realidade que ela pretende abranger. Neste texto são expostas algumas definições que podem ser encontradas na literatura internacional a respeito de termos como economia social, economia solidária, terceiro setor e outros mais. Deste confronto aparece que os conceitos utilizados no Brasil para estudar o campo da economia solidária tendem a uma certa estreiteza devido à pouca ênfase sobre questões como o resgate histórico anterior aos anos 80, a pluralidade ideológica e o hibridismo econômico, porém demonstram sensibilidade quanto à construção de uma outra cultura econômica e gerencial e chamam atenção para as tensões existentes entre economia de mercado, economia estatal e economia de reciprocidade que a categoria de terceiro setor tende a mascarar. Em vista disto, constata-se a necessidade de repensar esta categoria e de questionar as grandes expectativas assentadas na formação de uma economia solidária para a transformação da sociedade. Palavras-chave: Economia social; economia solidária; terceiro setor.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-05-03
Como Citar
Lechat, N. M. P. (2007). Economia social, economia solidária, terceiro setor: do que se trata?. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 2(1), 123-140. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2002.1.91