Sobre a Revista

Civitas – Revista de Ciências Sociais é o periódico acadêmico mantido pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Pucrs. Criada em 2001, Civitas tem sido publicada sem interrupção. Simultaneamente à publicação de um núcleo temático, ele publica artigos avulsos. Importante destacar a ampla variedade institucional dos autores e autoras na publicação de artigos.

Até o presente momento Civitas – Revista de Ciências Sociais apresenta os seguintes dados relevantes:

  • Foram publicadas 50 edições, com aproximadamente 560 textos, nos idiomas português, espanhol e inglês.
  • Dos textos publicados, mais de 95% são de textos inéditos
  • A origem institucional dos autores é bastante diversificada, abrangendo todas as regiões do Brasil, diversos países da América Latina e de outros continentes
  • No período 2012-2016, Civitas foi classificada como A1 no Qualis Periódicos da Capes, na área de Sociologia, o mais alto de sete estratos.

A revista publica artigos inéditos em Ciências Sociais, principalmente nas áreas de Antropologia, Sociologia e Ciência Política, que contribuam para o aprimoramento teórico, metodológico e/ou empírico da área e que não sejam simultaneamente apresentados em outro periódico. Também são aceitas resenhas de discussão de obras da área, quando relacionadas ao núcleo temático da respectiva edição.

Textos submetidos passam por uma avaliação inicial formal pela equipe editorial, a qual pode solicitar correções e complementos. Textos que não se enquadrem no escopo da Revista, que não cumpram requisitos mandatórios ou que não sejam adequados dentro do prazo, serão arquivados. Constatada a admissibilidade da submissão, via de regra, são solicitados dois pareceres de pessoas especializadas na temática, externas ao Programa, que servirão de subsídio aos editores, permanecendo com estes a decisão final. Havendo divergências significativas entre as avaliações, outra pessoa especializada será consultada. A publicação de trabalhos está condicionada ao cumprimento de suas recomendações. Na avaliação, são levados em conta a originalidade do tratamento do tema, a consistência e o rigor da abordagem, sua contribuição para as Ciências Sociais e a linha temática da revista. O sistema de revisão é duplo cego: os nomes dos pareceristas permanecerão em sigilo, omitindo-se também os nomes dos autores perante os pareceristas.

Dos avaliadores, espera-se que sejam objetivos em seu parecer. Havendo algum conflito de interesse ou dificuldade em formular um juízo sem influência significativa de fatores externos, avaliadores devem contatar os editores. Espera-se que os avaliadores indiquem literatura relevante, caso não tenha sido acolhida no texto. O texto e demais informações disponibilizadas no processo de avaliação devem ser tratados com sigilo e não podem ser utilizados para outra finalidade.

Trimestral

Este periódico proporciona acesso aberto a todo o seu conteúdo, seguindo o princípio de que tornar gratuito o acesso à pesquisa científica gera um maior intercâmbio global de conhecimento.

Civitas é membro do Committee on Publication Ethics (Cope) e segue os seus princípios de ética, transparência e integridade na publicação.

Autoria

Para os textos com mais de um autor, a Comissão Editorial de Civitas precisa ser informada sobre a contribuição específica de cada um, tanto na concepção do texto, na coleta e interpretação dos dados, bem como na redação.

A Comissão Editorial entende que a condição de autor deve ser reservada unicamente a quem fez uma contribuição intelectual significativa para a pesquisa e a redação. Seguindo a prática usual da área, são aceitos como coautores, pela revista, aqueles que fizeram uma contribuição acadêmica substancial e direta em, pelo menos, dois dos seguintes componentes típicos de uma pesquisa científica:

  • a) concepção e desenho;
  • b) coleta e processamento dos dados;
  • c) análise e interpretação dos dados.

Além disso, considera-se imprescindível que cada coautor tenha participado direta e significativamente da redação de partes do texto.

Cada pessoa listada como autor deve, ademais, ter lido as sucessivas versões do texto e aprovar a versão final, porquanto é solidária, ética e academicamente, com a integralidade do seu conteúdo.

Todos aqueles designados como autores devem atender a todos os critérios para a autoria, e todos os que atendem aos critérios devem ser identificados como autores. Aqueles que contribuíram para o trabalho, mas não cumprem os critérios de autoria, podem ser citados nos agradecimentos.

Os itens que devem constar do documento a ser enviado pelos autores estão enumerados na seção "Declaração de coautoria", logo a seguir.

Ineditismo e originalidade

Ao submeter o manuscrito, os autores garantem que o trabalho não foi previamente publicado, nem está sendo analisado por outra revista.

No momento da submissão, os autores assumem a responsabilidade de não utilizar dados falsos ou copiados.

Plágio, uso fraudulento de dados, manipulação de citações e falsa autoria não serão tolerados em nenhuma circunstância.

Não são aceitáveis cópias literais de trechos já publicados, a não ser em casos excepcionais, na forma de citação.

Civitas utiliza um software de identificação de similaridade: textos copiados serão identificados e o trabalho será devolvido aos autores.

Ilustrações e gráficos de outras fontes devem ser creditados, ou acompanhados de permissão de seus titulares de direitos autorais, se aplicável.

Correção de erros e retratações

Após a publicação, os autores devem notificar o editor se algum erro for identificado, a fim de publicar uma errata, adendo ou aviso.

No caso de os editores serem informados de qualquer acusação de má conduta, eles tratarão as alegações adequadamente.

Civitas segue as diretrizes do Cope para retratar ou corrigir artigos. Os editores estão dispostos a publicar correções, esclarecimentos, retrações e desculpas quando necessário.

Serão tomadas medidas pertinentes para identificar e prevenir a publicação de trabalhos com erros ou má conduta ética na pesquisa.

Sigilo

O manuscrito enviado para avaliação é um documento privilegiado e será protegido contra qualquer forma de exploração. Componentes da equipe editorial e pareceristas são orientados a não citar um manuscrito antes que seja publicado e não distribuir ou usar as informações que ele contém para o avanço de sua própria pesquisa. Durante a revisão, o manuscrito não deve ser mostrado nem discutido com outros, e ninguém mais deve ser envolvido na revisão, exceto, em casos especiais, pessoas que podem fornecer algum parecer específico. Nesse caso, o revisor mantém a responsabilidade de garantir a confidencialidade do arquivo. O revisor deve informar o editor sobre outros que tenham feito contribuições significativas para a revisão.

Conflitos de interesses

Conflitos de interesses podem ser de ordem pessoal, financeira, intelectual, profissional, política ou de natureza religiosa, e podem ocorrer com autores, revisores e editores. A percepção sobre um potencial conflito de interesses é tão importante quanto um real conflito em si.

  • Autores: Quando existir alguma relação entre os autores e qualquer entidade, pública ou privada, que possa gerar algum conflito de interesses, essa possibilidade deve ser comunicada e será informada no artigo. Caso não exista, o autor deve informar a inexistência de conflitos de interesses.
  • Revisores: No sistema de revisão por pares de Civitas, o manuscrito é enviado ao revisor sem a identificação do autor. No entanto, se o revisor reconhecer os autores ou a instituição, pode perceber um conflito de interesses. Para manter a imparcialidade do processo de revisão pelos pares, o revisor deve determinar se o manuscrito pode ser julgado de forma imparcial. Se houver percepção de qualquer conflito de interesses, o editor deve ser imediatamente informado, para que possa designar outro revisor.
  • Editores: Os editores não devem ter qualquer conflito de interesses em relação a manuscritos e autores.

Ética em pesquisas com seres humanos

Ao submeter artigos, as autoras e os autores asseguram que foram observados os princípios éticos de sua área do conhecimento, bem como cumpridas as exigências legais relativas a ética em pesquisa, tanto do país em que mantêm seu vínculo institucional, como daquele em que vivem as pessoas participantes da pesquisa. À equipe editorial é facultado solicitar esclarecimentos e documentação complementar, sempre que considerar adequado.

Dados de catalogação

Ficha catalográfica elaborada pelo Setor de Tratamento da Informação da Biblioteca Central – PUCRS.

Política de taxas para processamento de artigos (APCs) e para publicação

Este periódico não cobra taxas para processamento (APCs) nem para publicação.

Cobertura temática codificada de acordo com a classificação do CNPq, identificando primeiro e segundo níveis

  • Área principal: Sociologia
  • Qualis: A1
  • Período: 2013-2016