Democracy under pressure: the return of the Dialectic of Enlightenment in the world society

  • Hauke Brunkhorst
Palavras-chave: Crise, Exclusão de desigualdades, Sociedade mundial, Direito mundial, Revolução legal global

Resumo

O estado-nação moderno resolveu de modo mais ou menos bem-sucedido as crises religiosas, políticas e sócio-econômicas que surgiram na Europa moderna desde o século 16, juntamente com a sociedade moderna. No entanto, seu maior avanço, a exclusão das desigualdades, pressupunha a exclusão do outro interno – os negros, trabalhadores, mulheres etc. –, e dos outros descendentes do mundo não-europeu que, além disso, estava sob domínio colonial europeu ou de outras formas de controle imperial europeu, norte-americano ou japonês. No entanto, as guerras e revoluções do século 20 levaram a uma completa reconstrução, a uma nova fundação e globalização de todas as leis nacionais e internacionais. O avanço evolutivo do século 20 foi o surgimento do direito mundial, e isso possibilitou a construção do bem-estar (welfarism) nacional e internacional. A exclusão global das desigualdades agora tornou-se algo como um princípio orientador jurídico do direito mundial. No entanto, a Dialética do Esclarecimento voltou novamente e levou a novas formas de dominação pós-nacional, a hegemonia, opressão e exclusão, e à emergência de uma nova formação da dominação de classe transnacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-06-25
Como Citar
Brunkhorst, H. (2010). Democracy under pressure: the return of the Dialectic of Enlightenment in the world society. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 10(1), 153-171. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2010.1.7132