A crítica da razão sociológica

  • Hans-Georg Soeffner
Palavras-chave: Sociologia, Epistemologia

Resumo

O autor apresenta a Sociologia como uma ciência crítica da realidade, como um controle permanente institucionalizado das relações sociais com propósito crítico e em forma científica, que conjuga a razão teórica com a razão prática. Trata-se de uma ciência da reciprocidade, que tem como tarefa questionar visões ideologizadas de mundo, como a absolutização da razão econômica no economicismo. Ela é fundamentalmente analítica e se sabe, ao mesmo tempo, com responsabilidades para com a sociedade – por isso une crítica e dúvida para delinear novas possibilidades conceituais e novas opções de ação para, a partir de percepções, abrir novos horizontes. Mas é também uma disciplina feita por quem precisa aplicar a si próprio a mesma crítica que faz às realidades que analisa. [Resumo do editor]

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hans-Georg Soeffner
Presidente da Sociedade Alemã de Sociologia, professor emérito da Universidade de Konstanz, atua na direção do Kulturwissenschaftliches Institut em Essen, Alemanha; desenvolveu a Sociologia hermenêutica do conhecimento.
Publicado
2009-12-10
Como Citar
Soeffner, H.-G. (2009). A crítica da razão sociológica. Civitas: Revista De Ciências Sociais, 9(2), 324-334. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2009.2.5954