Sobre a acumulação social da violência no Rio de Janeiro

  • Michel Misse
Palavras-chave: Acumulação social da violência, Violência urbana, Criminação, Criminalização

Resumo

O presente artigo foi originalmente apresentado como Conferência na Academia Brasileira de Letras, em 3 de julho de 2008. A “acumulação social da violência” refere-se a um processo social que já dura cerca de meio século aproximadamente. Ele pode ser historicamente delimitado, até agora, entre os anos 1950 e os dias atuais. Esse processo ocorre na cidade do Rio de Janeiro e em sua área de influência imediata – a região metropolitana do Rio – mas pode, em alguns momentos, alcançar outras cidades do estado, algumas capitais de outros estados e outras cidades brasileiras, como já aconteceu, adquirindo potencialmente abrangência nacional. Embora apresente semelhanças com o caso do Rio, define-se sempre por compartilhar com o Rio algumas dimensões comuns, cujo desenvolvimento local particulariza-se em suas diferenças. São aqui apresentados, em linhas gerais, os resultados alcançados em pesquisas do autor sobre esse processo no Rio de Janeiro. Palavras-chave: Acumulação social da violência; Violência urbana; Criminação; Criminalização

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-01-20
Como Citar
Misse, M. (2009). Sobre a acumulação social da violência no Rio de Janeiro. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 8(3), 371-385. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2008.3.4865