Antropologia na era da máquina, ficção científica como sociologia aplicada: Kurt Vonnegut, “Player Piano” e o triunfo do fetichismo tecnológico no século 20

  • Francisco Rüdiger Pucrs- Famecos
Palavras-chave: Kurt Vonnegut, Fetichismo tecnológico, Sociologia da técnica

Resumo

Player piano, de Kurt Vonnegut, elabora literariamente uma análise do triunfo do fetichismo tecnológico na sociedade de massas do século 20, assumindo um ponto de vista humanista que, embora resignado, não sucumbe à ideologia, graças à atitude irônica e reflexiva guardada pelo texto. O artigo expõe a hipótese e fornece evidências para seu debate e eventual aceitação, salientando as interfaces entre ficção científica e reflexão sociológica, conforme as estimou Wright Mills.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Rüdiger, Pucrs- Famecos
Doutor em ciências sociais pela Universidade de São Paulo, professor da Pontifícia Universidade Católica e Universidade Federal do Rio Grande do Sul.
Publicado
2009-12-10
Como Citar
Rüdiger, F. (2009). Antropologia na era da máquina, ficção científica como sociologia aplicada: Kurt Vonnegut, “Player Piano” e o triunfo do fetichismo tecnológico no século 20. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 9(2), 197-208. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2009.2.4721