População infantil e adolescente nas ruas: principais temas de pesquisa no Brasil

Palavras-chave: Crianças e adolescentes, Situação de rua, Pesquisas brasileiras.

Resumo

Crianças e adolescentes em situação de rua tornaram-se um fenômeno comum para aqueles que circulam pelas áreas centrais das grandes cidades brasileiras. Embora essa seja uma questão social complexa, ela ainda é marcada pela invisibilidade na agenda política nacional. Este artigo visa contribuir para o aprofundamento do debate contemporâneo sobre o tema, analisando-o em suas múltiplas dimensões, a partir do levantamento da produção acadêmica nacional sobre população infantil e adolescente em situação de rua, publicada entre 2000 e 2015. As autoras destacam importantes aspectos abordados por pesquisadores de todo o país, muitos dos quais questionam as tipificações e as crenças que homogeneizavam este grupo, contribuindo para a compreensão dos aspectos culturais e históricos que caracterizam esses sujeitos. Estes estudos abordam, ainda, a importância fundamental das políticas públicas, assinalando que, embora a responsabilidade do estado sobre esta população esteja prevista em uma série de instrumentos legais e planos governamentais, os direitos de crianças e adolescentes em situação de rua ainda carecem de priorização, efetivação e monitoramento para que façam alguma diferença em suas vidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Irene Rizzini, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Professora da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Departamento de Serviço Social, e diretora do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância (Ciespi/PUC-Rio). Mestrado em Serviço Social pela Universidade de Chicago, EUA, e doutorado pelo Iuperj.
Renata Mena Brasil do Couto, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Pesquisadora do Centro Internacional de Estudos e Pesquisas sobre a Infância (CIESPI/PUC-Rio). Mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE/IBGE) e doutorado em Serviço Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Referências

ALVES, Paola; KOLLER, Silvia; SILVA, Aline; SANTOS, Clarisse; SILVA, Milena; REPPOLD, Caroline; PRADE, Luciano. Atividades cotidianas de crianças em situação de rua. Psicologia: teoria e pesquisa, v. 18, n. 3, p. 305-313, 2002 10.1590/S0102-37722002000300010.

ARPINI, Dorian; GONÇALVES, Camila. Drogas e álcool na relação com a violência: o olhar de adolescentes em situação de rua. Psico, v. 42, n. 4, p. 442-449, 2011.

ARPINI, Dorian; QUINTANA, Alberto; GONÇALVES, Camila. Relações familiares e violência em adolescentes em situação de rua. Psicologia Argumento, v. 28, n. 63, p. 325-336, 2010.

BOTELHO, Adriana; SILVA, Samantha; KASSAB, Marina; LEITE, Ligia. Meninos de rua: desafiliados em busca de saúde mental. Psicologia em Estudo, v. 13, n. 2, p. 361-370, 2008.

BRANDÃO, Beatriz. O Estado nas margens e as margens do Estado: ações políticas para meninos em condição de rua usuários de crack. Publicatio UEPG, v. 21, n. 2, p. 173-180, 2013 10.5212/PublicatioCi.Soc.v.21i2.0004.

BRASIL. Diretrizes nacionais para o atendimento a crianças e adolescentes em situação de rua. Brasília: Conanda; SNDCA/MDH; CNER, 2017

primeirainfancia.org.br/wp-content/uploads/2017/08/0344c7_4fe2ba1cd6854b649d45d71a6517f80d.pdf (26 dez. 2018).

CARINHANHA, Joana. Violência vivenciada pelas adolescentes em situação de rua: bases para o cuidado de enfermagem pela cidadania. Rio de Janeiro: UerJ, 2009. Dissertação de mestrado em Enfermagem.

CERQUEIRA-SANTOS, Elder; KOLLER, Silvia; PILZ, Christian; DIAS, Daniela; WAGNER, Flávia. Concepções de policiais sobre crianças em situação de rua: um estudo sobre preconceito. PsicoUSF, v. 11, n. 2, p. 249-256, 2006 10.1590/S1413-82712006000200013.

CIRINO, Daniele; ALBERTO, Maria de Fátima. Uso de drogas entre trabalhadores precoces na atividade de malabares. Psicologia em Estudo, v. 14, n. 3, p. 547-555, 2009.

CLARO, Heloísa. OLIVEIRA, Maria Aparecida; RIBEIRO, Anna Paula; FERNANDES, Caty; CRUZ, Alexandre; SANTOS, Eva. Perfil e padrão de uso de crack de crianças e adolescentes em situação de rua: uma revisão integrativa. Smad – Revista eletrônica saúde mental, álcool e drogas. v. 10, n. 1, p. 35-41, 2014 10.11606/issn.1806-6976.v10i1p35-41.

CONCEIÇÃO, Maria Inês; SUDBRACK, Maria Fátima O. Estudo sociométrico de uma instituição alternativa para crianças e adolescentes em situação de rua: construindo uma proposta pedagógica. Psicologia: reflexão e crítica, v. 17, n. 2, p. 277-286, 2004 10.1590/S0102-79722004000200015.

CRUZ, Maria Núbia; ASSUNÇÃO, Ada. Estrutura e organização do trabalho infantil em situação de rua em Belo Horizonte, MG, Brasil. Saúde e Sociedade, v. 17, n. 1, p. 131-142, 2008 10.1590/S0104-12902008000100012.

ESTIVALET, Anelise. Os sem-lugar: uma análise de trajetórias de jovens que vivem nas ruas de Porto Alegre. Revista EGP, 2010.

FERREIRA, Frederico; NOGUEIRA JR., Reginaldo; COSTA, Bruno. Determinantes da escolarização de crianças e adolescentes em situação de rua no estado de Minas Gerais. Ensaio: avaliação e políticas públicas em educação, v. 18, n. 68, p. 465-488, 2010 10.1590/S0104-40362010000300004.

FERREIRA, Vanda; LITTIG, Patrícia; VESCOVI, Renata. Crianças e adolescentes abrigados: perspectiva de futuro após situação de rua. Psicologia & Sociedade, v. 26, p.165-174, 2014 10.1590/S0102-71822014000100018.

GODINHO, Josiane. A escola de quem não tem escola: os desafios da escolarização para jovens em situação de rua. Porto Alegre: Pucrs, 2015. Dissertação de mestrado em Educação.

LEAL, Eduardo Martinelli. “Da porta para fora”: a constituição de um problema social. Ponto Urbe, 1, p. 1-27, 2007 10.4000/pontourbe.1217.

LIMA, Rebeca. Bem-estar subjetivo de crianças e adolescentes em situação de rua. Fortaleza: Unifor, 2014. Dissertação de mestrado em Psicologia.

LUNA, Izaildo. Educação em saúde com adolescentes em situação de rua visando à prevenção de DST/Aids. Fortaleza: UFC, 2011. Dissertação de mestrado em Enfermagem.

MATIAS, Hugo. Jovens em situação de rua: espaço, tempo, negociações de sentido. Psicologia & Sociedade, v. 23, n. 2, p. 237-247, 2011 10.1590/S0102-71822011000200004.

MARTINS, Raul. Uma tipologia de crianças e adolescentes em situação de rua baseada na Análise de Aglomerados. Psicologia: reflexão e crítica, v. 15, n. 2, p. 251-260, 2002 10.1590/S0102-79722002000200003.

MEDEIROS, Marcelo; FERRIANI, Maria das Graças; GOMES, Romeu; MUNARI, Denize. O significado de casa e rua para meninos com experiência de vida nas ruas: em busca de uma compreensão sobre as implicações para a saúde. Revista Brasileira do Crescimento e Desenvolvimento Humano, v. 12, n. 2, p. 11-19, 2002.

MEDEIROS, Marcelo; FREITAS, Geovana; OLIVEIRA, Normalene. A fome para meninos e meninas em situação de rua: além da sensação da “barriga vazia”. Revista Brasileira do Crescimento e Desenvolvimento Humano, v. 14, n. 1, 2004 10.7322/jhgd.39788.

MORAIS, Normanda. Um estudo sobre a saúde de adolescentes em situação de rua: o ponto de vista de adolescentes, profissionais de saúde e educadores. Porto Alegre: Ufrgs, 2005. Dissertação de mestrado em Psicologia.

MORAIS, Normanda; MORAIS, Camila; REIS, Silvia; KOLLER, Silvia. Promoção de saúde e adolescência: um exemplo de intervenção com adolescentes em situação de rua. Psicologia & Sociedade, v. 22, n. 3, p. 507-518, 2010 10.1590/S0102-71822010000300011.

MOTA, Rubens. A trajetória de jovens em situação de rua usuários de crack. Brasília: UCB, 2012. Dissertação de mestrado em Psicologia.

MOURA, Yone; SILVA, Eroy; NOTO, Ana. Redes sociais no contexto de uso de drogas entre crianças e adolescentes em situação de rua. Psicologia em Pesquisa, v. 3, n. 1, p. 31-46, 2009.

NEIVA-SILVA, Lucas. Uso de drogas entre crianças e adolescentes em situação de rua: um estudo longitudinal. Porto Alegre: Ufrgs, 2008. Tese de doutorado em Psicologia, 2008.

NÓBREGA, Sheva; LUCENA, Taciana. O “menino de rua” entre o sombrio e a aberrância da exclusão social. Estudos de Psicologia, v. 21, n. 3, p. 161-172, 2004 10.1590/S0103-166X2004000300002.

NOGUEIRA, Luciana; BELLINI, Luzia Marta. Sexualidade e violência, o que é isso para jovens que vivem na rua? Texto Contexto Enfermagem, v. 15, n. 4, p. 610-616, 2006 10.1590/S0104-07072006000400009.

NUNES, Eliane; ANDRADE, Arthur. Adolescentes em situação de rua: prostituição, drogas e HIV/AIDS em Santo André. Psicologia & Sociedade, v. 21, n. 1, p. 45-54, 2009 10.1590/S0102-71822009000100006.

NUNES, Rosane. Concepções de tratamento de crianças e adolescentes usuários de drogas com experiência de vida nas ruas no município do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: PUC Rio, 2013. Dissertação de mestrado em Serviço Social.

OLIVEIRA, Alfredo; RIBEIRO, Moneda. O cuidar da criança de/na rua na perspectiva dos graduandos de enfermagem. Texto & Contexto Enfermagem, v. 15, n. 2, p. 246-53, 2006 10.1590/S0104-07072006000200008.

OLIVEIRA, Normalene; MEDEIROS, Marcelo. Histórias de vida de meninas com experiência pregressa nas ruas: perspectivas do processo de inclusão social. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 8, n. 1, p. 119-127, 2006 10.5216/ree.v8i1.935.

PALUDO, Simone; KOLLER, Silvia. Quem são as crianças que estão nas ruas: vítimas ou vitimizadoras? Interação em Psicologia, v. 9, n. 1, p. 65-76, 2005 10.5380/psi.v9i1.3287.

PALUDO, Simone; KOLLER, Silvia. Toda criança tem família: criança em situação de rua também. Psicologia & Sociedade, v. 20, n. 1, p. 42-52, 2008 10.1590/S0102-71822008000100005.

RIBEIRO, Moneda. A criança de/na rua tem família: uma família em crise. Revista Brasileira de Crescimento e Desenvolvimento Humano, v. 11, n. 1, 2001 10.7322/jhgd.39667.

RIBEIRO, Moneda; CIAMPONE, Maria Helena. Crianças em situação de rua falam sobre os abrigos. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 36, n. 4, p. 309-316, 2002 10.1590/S0080-62342002000400003.

RIZZINI, Irene; NEUMANN, Menezes; CISNEROS, Arianna. Estudos contemporâneos sobre a infância e paradigmas de direitos. O Social em Questão, n. 21, p. 1-13, 2009.

SANTANA, Juliana; DONINELLI, Thaís; FROSI, Raquel; KOLLER, Sílvia. Instituições de atendimento a crianças e adolescentes em situação de rua. Psicologia & Sociedade, v. 16, n. 2, p. 59-70, 2004 10.1590/S0102-71822004000200008.

SCHWONKE, Camila; FONSECA, Adriana; GOMES, Vera Lucia. Vulnerabilidades de adolescentes com vivências de rua. Escola Anna Nery, v. 13, n. 4, p. 849-55, 2009 10.1590/S1414-81452009000400022.

SILVA, Josianne; AVELAR, Telma. Crianças em situação de rua e suas representações sobre lar e família por meio do desenho. Psicologia Argumento, v. 32, n. 76, p. 69-77, 2014.

SILVA, Solange. A escola e a rua: interação possível? Revista de Ciências Humanas, n. 37, p. 67-87, 2005.

SOBRAL, Maria. Trajetórias de vida: um estudo sobre a complexidade da experiência na rua. 2008. 160f. Dissertação – PPG em Psicologia, UFP, Pernambuco, 2008.

TFOUNI, Leda; MORAES, Juliana. A família narrada por crianças e adolescentes de rua: a ficção como suporte do desejo. Psicologia USP, v. 14, n. 1, 2003.

WINNICOTT, Donald. Tudo começa em casa. São Paulo: Martins Fontes, 1996.

YUNES, Maria Ângela; ARRIECHE, Maria Rosaura; TAVARES, Maria de Fátima; FARIA, Lucimeri. Família vivida e pensada na percepção de crianças em situação de rua. Paidéia, v. 11, n. 20, p. 47-56, 2001.

Publicado
2019-02-27
Como Citar
Rizzini, I., & Couto, R. M. B. do. (2019). População infantil e adolescente nas ruas: principais temas de pesquisa no Brasil. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 19(1), 105-122. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2019.1.30867
Seção
Dossiê: Vida na rua – contribuições analíticas do campo das ciências sociais