Contribuições de Jürgen Habermas para o debate epistemológico iniciado por Karl Popper e Theodor Adorno

  • Rubia de Araujo Ramos Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UNICAMP
Palavras-chave: Debate entre Popper e Adorno. Positivismo. Dialética.Contribuições de Habermas

Resumo

O Objetivo deste artigo consiste em apresentar fundamentos da proposta
epistemológica de Jürgen Habermas, identificados em obras precedentes à sua
Teoria do agir comunicativo. A partir de Teoria analítica da ciência e dialética será
explorada a proposta do autor, tendo percorrido antecipadamente pela querela entre Popper e Adorno; posteriormente busca-se analisar como Habermas, em debate com seus contemporâneos, retrata sua proposta em Técnica e ciência como ideologia, considerado um marco para a Escola de Frankfurt.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rubia de Araujo Ramos, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas - UNICAMP

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), onde integra o grupo de pesquisa Teoria Crítica e Sociologia. Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), e graduada em Ciências Sociais pela Universidade Estadual Julio de Mesquita Filho (UNESP-Araraquara). Atua nas áreas de Sociologia Política, Teoria Social e Teoria Sociológica Contemporânea. Principais temas de pesquisa: democracia, Teoria Crítica, globalização, individualização, ação e sujeito.

Referências

ADORNO, Theodor. Dialética negativa. Madrid: Taurus, 1975 [1965].

ADORNO, Theodor. Sobre a lógica das ciências sociais. In: Gabriel Cohn (Org.). Theodor W Adorno. São Paulo: Ática, 1986. p. 33-45. (Grandes Cientistas Sociais).

ADORNO, Theodor. Introdução à controvérsia sobre o positivismo na sociologia alemã. In: Textos Escolhidos. Coleção Os Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1980. p. 209-257.

ADORNO, Theodor. Zur Logik der Sozialwissenschaften. Kölner Zeitschrift für Soziologie und Sozialpsychologie, v. 14, n. 2, p. 249-263, 1962.

BARRETO, Túlio V. Positivismo versus teoria crítica em torno de debate entre Karl Popper e Theodor Adorno acerca do método das ciências sociais. Perspectivas Filosóficas, v. 1, n. 15, p. 141-178, 2001.

BERNSTEIN, Richard. Introducción. In: Antony Giddens (Org.). Habermas y la modernidad. Madrid: Cátedra, 1994. p. 13-61.

DAHRENDORF, Ralf. Anotaciones a la discusíon de las ponencias de Karl Popper y T. W. Adorno. In: Ralf Dahrendorf (Org.). La disputa del positivismo a la sociologia alemana. Barcelona: Grijalbo. 1972 [1969]. p. 139-146.

FREITAG, Bárbara. A teoria crítica: ontem e hoje. São Paulo: Brasiliense, 1986.

GANEM, Angela. Karl Popper versus Theodor Adorno: lições de um confronto histórico. Revista de Economia Política, v. 32, n. 1, p. 87-108, 2012 <10.1590/S0101-31572012000100006>

GIDDENS, Anthony. A crítica do positivismo na filosofia de Frankfurt. In: Tom Bottomore (Org.). História da análise sociológica. Rio de Janeiro: Zahar, 1980. p. 344-351.

HABERMAS, Jürgen. Teoria analítica da ciência e dialética: contribuição à polêmica entre Popper e Adorno. In: Textos escolhidos. Walter Benjamin, Max Horkheimer, Theodor W. Adorno, Jürgen Habermas. São Paulo: Abril Cultural, 1980 [1965]. p. 277-299.

HABERMAS, Jürgen. Técnica e ciência como “ideologia”. In: Textos escolhidos. Walter Benjamin, Max Horkheimer, Theodor W. Adorno, Jürgen Habermas. São Paulo: Abril Cultural, 1983 [1968]. p. 313-343.

HABERMAS, Jürgen. Conhecimento e interesse. In: Técnica e ciência como “ideologia”. São Paulo: Editora Unesp, 2014a. p. 177-201.

HABERMAS, Jürgen. Positivismo, pragmatismo, historicismo. In: Conhecimento e interesse. São Paulo: Editora Unesp, 2014b. p. 117-290.

HABERMAS, Jürgen. Contra un racionalismo menguado de modo positivista. In: Ralf Dahrendorf (Org.). La disputa del positivismo a la sociologia alemana. Barcelona: Grijalbo, 1972. p. 221-250.

HORKHEIMER, Max. Teoria tradicional e teoria crítica. In: Benjamin, Habermas, Horkheimer, Adorno. Textos escolhidos. São Paulo: Abril Cultural, 1983 [1937]. p. 117-154.

KEUTH, Herbert. The positivist dispute in German sociology: a scientific or a political controversy? Journal of Classical Sociology. v. 15, n. 2, p. 154-169, 2015 <10.1177/1468795X14567825>.

MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.

MARCUSE, Herbert. A industrialização e o capitalismo na obra de Max Weber. In: Herbert Marcuse. Cultura e Sociedade, v. 2, São Paulo: Paz e Terra, 1998. p. 113-136.

McCARTHY, Thomas. La teoría crítica de Jürgen Habermas. Madrid. Editorial Tecnos, 1998.

PASQUINELLI, Alberto. Carnap e o Positivismo Lógico. Lisboa: Edições 70, 1983.

POPPER, Karl. R. Lógica das ciências sociais. In: Karl Popper. Lógica das Ciências Sociais. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1978a, p. 13-34.

POPPER, Karl. R. Razão ou revolução? In: Karl Popper. Lógica das Ciências Sociais. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1978b. p. 35-49.

POPPER, Karl R. La societé ouverte et ses ennemis. Paris: Éditions du Seuil, 1979.

SAUER, Werner. Circulo de Viena. In: W. Outhwaite (Org.). Dicionário do pensamento social do século XX. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1996. p. 799-803.

SCHUTZ, Alfred. Collected papers. Den Haag: Nijhoff Verlag, 1962.

Publicado
2017-08-23
Como Citar
de Araujo Ramos, R. (2017). Contribuições de Jürgen Habermas para o debate epistemológico iniciado por Karl Popper e Theodor Adorno. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 17(2), e79-e97. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2017.2.24210