Modelos de democracia na <i>era das transições</i>

  • Adelia Maria Miglievich Ribeiro
  • George Gomes Coutinho

Resumo

O artigo reúne perspectivas acerca da democracia contemporânea, seus desafios e possibilidades, de quatro importantes autores vinculados, em suas especificidades, à chamada teoria crítica. Ellen Wood, Jürgen Habermas, Boaventura de Sousa Santos e Claus Offe são convocados para a tarefa de esclarecimento do polissêmico conceito de democracia a expressar a crise mesma do fenômeno que se busca nomear, portanto, das idéias de representação e de participação, das relações entre o político e o econômico, entre o mercado e a cidadania. Os quatro autores indicam os limites inextricáveis no fazer democrático do modelo representativo liberal e expõem diagnósticos e prognósticos distintos, complementares ou mesmo antagônicos que buscamos sistematizar. As matrizes teóricas anunciadas permitiram-nos a reconstrução de modelos de democracia: a democracia radical de Wood em sua crítica nodal ao capitalismo como organizador da vida em sociedade; a democracia procedural ou deliberacionista de Habermas que visa à síntese dos modelos liberal e republicano sem os vícios destes; a democracia participativa Sousa Santos e sua aposta num novo contrato social a recriar o Estado; a democracia liberal reformada de Offe no capitalismo desorganizado pós-welfare. O debate em torno destas propostas de democracia, por fim, sugere pistas na renegociação da democracia em contextos pós-nacionais. Palavras-chave: Democracia; Representação; Participação; Estado e mercado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-12-21
Como Citar
Ribeiro, A. M. M., & Coutinho, G. G. (2006). Modelos de democracia na <i>era das transições</i>. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 6(1), 13-38. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2006.1.20