Por uma razão decolonial: Desafios ético-político-epistemológicos à cosmovisão moderna

  • Adelia Miglievich-Ribeiro UFES
Palavras-chave: Pós-modernidade. Estudos pós-coloniais. Decolonialidade. Hibridismo. Epistemologia.

Resumo

A revisão das epistemologias modernas impõe-se como desafio teórico para a inteligibilidade do mundo em sua hibridez; também como desafio ético e político, na medida em que explicita a exclusão e o silenciamento de sujeitos levados à desumanização, tendo seus saberes e cosmovisões negados como explicativos e orientadores legítimos de condutas. Combino neste texto a reflexão de Boaventura de Sousa Santos acerca do “paradigma prudente para uma vida decente” com as teses da “modernidade-colonialidade-decolonialidade” latino-americana. Associando a hermenêutica diatópica de Santos e a hermenêutica pluritópica de Mignolo, acentuo a urgência do diálogo a partir do Sul entre as distintas esferas culturais bem como da ação descolonizadora das subalternidades mediante a ênfase nas experiências singulares, na tradução e na articulação das diferenças em torno de projetos plurais de reconhecimento de sujeitos e suas vozes para a ampliação do universal como
diversalidade. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adelia Miglievich-Ribeiro, UFES
Doutora em Ciências Humanas – Sociologia pela UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, professora adjunta do Departamento de Ciências Sociais e nos PPGs de Ciências Sociais e de Letras da Ufes em Vitória, ES, e atualmente bolsista de pós-doutorado sênior Faperj/ProPed-Uerj. A inspiração desta reflexão nasceu na mesa redonda intitulada “Desafios epistemológicos contemporâneos à Sociologia: perspectivas críticas da América Latina e África”, no 29º Congresso da Associação Latino-Americana de Sociologia em Santiago do Chile, em 2013
Publicado
2014-04-11
Como Citar
Miglievich-Ribeiro, A. (2014). Por uma razão decolonial: Desafios ético-político-epistemológicos à cosmovisão moderna. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 14(1), 66-80. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2014.1.16181
Seção
Dossiê