Visibilidades e estratégias nas eleições presidenciais de 2002 no Brasil Política, mídia e cultura

  • Antonio Albino Canelas Rubim

Resumo

O texto busca analisar uma das grandes novidades da eleição presidencial de 2002: sua intensa visibilidade midiática, especialmente se comparada aos experimentos eleitorais anteriores como a eleição presidencial de 1998, submetida pela mídia, conforme por diversos autores, a um forte processo de silenciamento. Após problematizar as visibilidades construídas pela mídia da eleição de 2002, o trabalho procura entender as estratégias de campanha desenvolvidas por candidaturas (Lula e Serra) em suas articulações e adequações ao primeiro momento do enfrentamento político pala visibilidade na sociedade contemporânea: a disputa pública que implica em construções e desconstruções pelas imagens sociais dos atores políticos na competição eleitoral de 2002. Palavras-chave: visibilidade; eleições; mídia; cultura; política.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-05-03
Como Citar
Rubim, A. A. C. (2007). Visibilidades e estratégias nas eleições presidenciais de 2002 no Brasil Política, mídia e cultura. Civitas - Revista De Ciências Sociais, 2(2), 327-350. https://doi.org/10.15448/1984-7289.2002.2.105