(Des)fazendo-nos e (re)fazendo-nos

A tranversátil atualidade do pensamento de Michel Foucault

Palavras-chave: Michel Foucault, Versatilidade, Transversalidade, Ética

Resumo

O presente texto constitui-se como resenha do livro Foucault: pensador transversátil, de Laerthe de Moraes Abreu Junior. A obra reúne ensaios sobre diversos temas e conceitos presentes no pensamento foucaultiano, desde os mais conhecidos, como humanismo, ética, violência, sujeição e poder, até aqueles sobre os quais os estudiosos costumam se debruçar com menor frequência, caso dos escritos do filósofo francês sobre as artes plásticas, o cinema, a literatura e a música. O tratamento dado a esses temas revela como por trás de sua pulverização e da aparente desconexão entre eles há uma obra caracterizada pela versatilidade e transversalidade de um pensador dedicado a compreender como o homem se tornou aquilo que é.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Fernando de Oliveira, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), campus Nepomuceno, MG, Brasil.

Doutor em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE-UFMG); mestre em Educação pela Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ); graduado em Filosofia, também pela Universidade Federal de São del-Rei, nas modalidades Licenciatura e Bacharelado. Graduação em Pedagogia, na modalidade Licenciatura, pela Faculdade Alfa América. Professor do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), Nepomuceno, MG, Brasil.

Referências

ABREU JUNIOR, Laerthe de Moraes. Foucault: pensador transversátil. São Paulo: ÔZé Editora, 2020.

AGAMBEN, Giorgio. A comunidade que vem. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

BUTLER, Judith. Relatar a si mesmo: crítica da violência ética. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.

BUTLER, Judith. A vida psíquica do poder: teorias da sujeição. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

CARVALHO, Eliane Vianey de. Apresentação. In: ABREU JUNIOR, Laerthe de Moraes. Foucault: pensador transversátil. São Paulo: ÔZé Editora. 2020. p. 9-14.

DELEUZE, Gilles. A lógica do sentido. São Paulo: Perspectiva, 1974.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é a filosofia? Rio de Janeiro: Ed. 34, 1992.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. Mil platôs: capitalismo e esquizofrenia. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1996a. v. 3.

DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O Anti-Édipo: capitalismo e esquizofrenia. Lisboa: Assírio 7 Alvim, 1996b.

FOUCAULT, Michel. Isto não é um cachimbo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas: uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

KAUFMANN, Jean-Claude. A entrevista compreensiva: um guia para pesquisa de campo. Petrópolis: Vozes; Maceió: Edufal, 2013.

OLIVEIRA, Luiz Fernando de. Quando Sísifo alcança o topo da montanha: Escolarização de longo curso, vida socioprofissional e disposições culturais de sujeitos de origem popular. 2017. 384 p. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufmg.br/bitstream/1843/BUBD-AW9LQ8/1/tese___luiz_fernando_de_oliveira.pdf. Acesso em: 20 maio 2022.

Publicado
2022-09-14
Como Citar
Oliveira, L. F. de. (2022). (Des)fazendo-nos e (re)fazendo-nos: A tranversátil atualidade do pensamento de Michel Foucault. Veritas (Porto Alegre), 67(1), e41610. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2022.1.41610