O Verdadeiro Método

Palavras-chave: Método, Linguagem, Conhecimento

Resumo

O texto desta tradução foi originalmente redigido como prefácio à “Science Générale”, projeto inacabado de Leibniz que tinha por objetivo final uma formalização das ciências pelo uso de sistemas semióticos capazes de superar as limitações das linguagens ordinárias. Em especial, o autor discute nestas páginas a possibilidade de converter a metafísica em uma ciência exata, capaz de apresentar resultados tão evidentes quanto aqueles que se obtêm em aritmética. Desse modo, embora o autor não tenha conseguido levar a cabo seu projeto, essas observações preliminares permitem delinear um conceito de método que se distancia da ideia cartesiana de um conjunto de regras ou instruções, formuladas em linguagem ordinária, cuja observação deveria conduzir à verdade. A noção leibniziana de método, esboçada neste texto, pode ser entendida como um tipo de notação, capaz de guiar os pensamentos pela mera manipulação de signos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Fortes, Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, BA, Brasil

Doutor em Filosofia pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, BA, Brasil; professor Auxiliar no Departamento de Filosofia da UFBA e na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS), em Chapecó, SC, Brasil.

Referências

LEIBNIZ, G. W. Opuscules et Fragments Inédits de Leibniz - extraits des manuscrits de la Bibliothèque Royale de Hanovre par Louis Couturat. Hildesheim/New York: Olms, 1988, p. 153-157.

Publicado
2020-12-31
Como Citar
Fortes, F. (2020). O Verdadeiro Método. Veritas (Porto Alegre), 65(3), e37040. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2020.3.37040
Seção
Tradução