Opus Dei e opus homini

A liturgia como lugar do encontro entre Deus e o homem

Palavras-chave: Celebração litúrgica, Liturgia e encontro, Sacrosanctum Concilium, Bento XVI, Romano Guardini

Resumo

Este artigo trata da questão da liturgia entendida como obra de Deus e obra do homem, da relação entre os dois atores da celebração litúrgica. O artigo procura, com o auxílio da Constituição Sacrosanctum Concilium sobre a sagrada Liturgia, do Concílio Ecumênico Vaticano II, apresentar a relação e o encontro Deus-homem no contexto da celebração litúrgica. A reflexão é auxiliada por textos magisteriais dos últimos Pontífices e de alguns teólogo e liturgistas. O texto busca refletir sobre uma acurada e sã relação entre a liturgia enquanto tal e a aproximação do homem crente a essa realidade divino-humana. Na reflexão proposta aponta-se para a necessidade de que a celebração litúrgica seja o local do encontro do homem com Deus, no exercício do sacerdócio de Cristo – opus Dei, e no exercício do sacerdócio batismal – opus homini.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rafhael Silva Maciel, Pontifício Instituto Litúrgico de Santo Anselmo (PIL), Roma, Itália.

Mestre em Sagrada Liturgia pelo Pontifício Instituto Litúrgico Santo Anselmo (PIL), em Roma, Itália; doutorando em Sagrada Liturgia pelo Pontifício Instituto Litúrgico Santo Anselmo (PIL), em Roma, Itália; professor da Faculdade Católica de Fortaleza (FCF), em Fortaleza, CE, Brasil.

Referências

BENTO XVI. Exortação Apostólica pós Sinodal sobre a Eucaristia, fonte e cume da vida e da missão da Igreja Sacramentum Caritatis (22 februarii 2007), AAS 99 (2007) 105-180.

BONACCORSO, Giorgio. La liturgia e la fede. La teologia e l’antropologia del rito (Caro Salutis Cardo 8). Padova: Edizioni Messaggero di Pavoda, 2010.

BONACCORSO, Giorgio. Celebrare la salvezza: Lineamenti di liturgia (Caro Salutis Cardo 6). Padova: Edizioni Messaggero di Pavoda, 2015.

CASEL, Odo. Liturgia come mistero. Roma: Medusa, 1921.

CATECHISMO DELLA CHIESA CATTOLICA. Testo integrale. Nuovo commento teologico-pastorale a cura di Rino Fisichella. Città del Vaticano: Libreria Editrice Vaticana e San Paolo, 2017.

FRANCISCO. Exortação Apostólica Evangelii gaudium sobre o anúncio do Evangelho nos nossos tempos (6 dicembris 2013), AAS 115 (2013) 1020-1137.

GUARDINI, Romano. Lo Spirito della Liturgia. I santi segni. Lavis: Morcelliana, 2007.

JOÃO PAULO II. Carta encíclica Fides et ratio aos Bispos da Igreja Católica sobre as relações entre fé e razão (14 setembrii 1998), AAS 90 (1998) 5-88.

KOCH, Kurt. La Liturgia della Chiesa come festa della fede vivente. In: KASPER, Walter; KOCH, Kurt; AUGUSTIN, George. La Liturgia: L’arte di diventare cristini (Orizzinti 4). Città del Vaticano: Libreria Editrice Vaticana, 2018.

KUNZLER, Michel. La Liturgia della Chiesa. Milano: Jaca Book, 2018.

MISSALE ROMANUM. ex decreto Sacrosancti Oecumenici Concilii Vaticani II instauratum auctoritate Pauli VI promulgatum Ioannis Pauli II cura recognitum, Editio typica tertia emendata, Typis Vaticanis, Paulus, 2009.

RATZINGER, Joseph. O espírito da Liturgia, uma introdução. In: RATZINGER, Joseph. Obras Completas 11. Brasília: Edições CNBB, 2019.

RATZINGER, Joseph. A questão acerca da estrutura da celebração eucarística. In: RATZINGER, Joseph. Obras Completas 11. Brasília: Edições CNBB, 2019.

RATZINGER, Joseph. Perché dimori in la potenza di Cristo. In: RATZINGER, Joseph, Davanti al Protagonista. Siena: Cantagali, 2009.

SACROSANCTUM CONCILIUM OECUMENICUM VATICANUM II. Constitutio de sacra liturgia Sacrosanctum Concilium (4 decembris 1963), AAS 56 (1964) 97-134.

SACROSANCTUM CONCILIUM OECUMENICUM VATICANUM II, Constitutio Gaudium et spes (07 decembris 1965), AAS 58 (1966) 1025-1115.

TAGLIAFERRI, Roberto. Quale modelo di pastorale liturgica emerge dal Concilio? Rivista Liturgica, Padova, n. LXXIX, p. 25-38, 1992.

VALENZIANO, Crispino. L’anello della Sposa: Mistagogia eucaristica I – Modulazione Circolare del Rito. Edizioni Liturgiche: Roma, 2005.

Publicado
2021-12-30