Contribuições da psicologia para as vivências juvenis

Palavras-chave: Juventude, Edith Stein, Luigi Giussani, Psicologia clínica, Fenomenologia

Resumo

 Esse artigo tem por objetivo ilustrar algumas vivências juvenis que têm se apresentado na atualidade bem como, ilustrar possibilidades de compreensão dessas vivências a partir do dinamismo próprio do eu apresentado por Edith Stein e da noção de experiência elementar de Luigi Giussani. Para tanto, discutimos os relatos de dois jovens que vivem no bairro do Uruguai, região periférica de Salvador, Bahia, e apontamos a contribuição de uma ação clínica inspirada nesses autores, e cujo trabalho se volta para a elaboração da experiência. Ao centrar-se sobre a experiência do paciente, o psicólogo vai além da mera compreensão cognitiva. Ele favorece um encontro humano que revela ao outro a sua dinâmica própria e o sentido da sua existência, mesmo nas experiências de sofrimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzana Filizola Brasiliense Carneiro, Universidade Paulista (UNIP), São Paulo, SP, Brasil

Doutora em Psicologia Clínica pela Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, SP; psicóloga clínica e professora no curso de Psicologia da Universidade Paulista (UNIP), em Santos, SP, Brasil.

Maria Camila Mahfoud Marcoccia, Consultório Particular, São Paulo, SP, Brasil

Mestre em Psicologia Clínica pelo Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, SP, Brasil; psicóloga clínica.

Referências

CARNEIRO, Suzana F. B. A formação humana em contexto de violência: uma compreensão clínica a partir da fenomenologia de Edith Stein. 2016. 322 p. Tese (Doutorado em Psicologia) – Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica, Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde16082016-115100/pt-br.php. Acesso em: 16 fev. 2020.

GIUSSANI, Luigi. O senso religioso. Brasília, DF: Universa, 2009.

GREENBERG, J. R.; MITCHELL, S. A. Relações objetais na teoria psicanalítica. Porto Alegre: Artes Médicas, 1994.

MAHFOUD, Miguel. Reconhecer o movimento do eu: processos psicoterápicos. In: ANGERAMI, V.A. (org.). Atualidades em psicoterapia fenomenológico-existencial. Belo Horizonte: Artesã, 2020. p. 75-83.

MAHFOUD, Miguel. Gesto fenomenológico diante do acontecimento da subjetividade. In: FEIJOO, A. M. L. C.; Lessa, M. B. M. F (org.). O gesto fenomenológico: corpo, afeto e discurso na clínica. Rio de Janeiro: IFEN, 2019. p. 53-76.

MAHFOUD, Miguel. Experiência Elementar em psicologia: aprendendo a reconhecer. Belo Horizonte, MG: Artesã, 2012.

STEIN, Edith. A ciência da cruz. São Paulo: Loyola, 2004.

STEIN, Edith. Introduzione alla filosofia. Roma: Città Nuova, 2001.

STEIN, E. Il castello interiore. In: STEIN, Edith. Natura, persona e mística. Roma: Città Nuova, 1997. p. 115-147.

Publicado
2020-10-29
Seção
Juventude e Contemporaneidade – Experiência Humana, Comunitária E Pastoral