Sustentabilidade e educação

Palavras-chave: Sustentabilidade. Educação. Paradigma ecológico. Educação ambiental. Crise ecológica. Cuidado

Resumo

Diante de alguns momentos da história, tem-se a impressão, que o ser humano e a natureza são adversários, devido a tantas agressões provocadas ao meio ambiente. Tantos indícios mostram que o clima da terra tem alterado bruscamente por obras de influentes comportamentos humanos. Na tentativa de ajudar a compreender e responder a esse grande desafio considera-se a sustentabilidade como um elemento para superar essa agressão. Trata-se de uma questão central hoje. Para que se possa pensar uma nova perspectiva para a educação, é importante articular educação e sustentabilidade na conscientização de uma educação ambiental. Na busca para encontrar relação entre educação e sustentabilidade, o presente artigo objetiva refletir sobre o paradigma ecológico, o problema da sustentabilidade, os desafios para uma educação sustentável, além de apresentar a sustentabilidade como o eixo integrador da educação. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evaldo Apolinário, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Contagem, MG

Cf Plataforma Lattes

Doutorando em Ciências da Religião 

Referências

ALMEIDA, Fernando. O bom negócio da sustentabilidade. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2002.

ALMEIDA, Fernando. Os desafios da sustentabilidade: uma ruptura urgente. Rio de Janeiro Elsevier, 2007.

ALTVATER, Elmar. O preço da riqueza: pilhagem ambiental e a nova (des)ordem mundial. São Paulo: UNESP, 1995.

ASSMANN, Hugo.

Reencantar a educação. Rumo à sociedade aprendente. Petropólis: Vozes, 1998.

BAPTISTA, Paulo Agostinho Nogueira. Libertação e ecologia: teologia teoantropocósmica de Leonardo Boff. São Paulo: Paulinas, 2011. (Coleção Interfaces). https://doi.org/10.5752/2200

BAPTISTA, Paulo Agostinho Nogueira. A ecologia: desafio à educação. Revista Incelências, Maceió, v. 2, n. 2, p. 4-19. 2011.

BOFF, Leonardo. Ecologia, mundialização e espiritualidade: a emergência de um novo paradigma. São Paulo: Ática, 1993.

BOFF, Leonardo. Dignitas terrae. Ecologia: grito da Terra, grito dos pobres. 3. ed. São Paulo: Ática, 1995a.

BOFF, Leonardo. Princípio-Terra: volta à Terra como pátria comum. São Paulo: Ática, 1995b.

BOFF, Leonardo. Cuidar da terra, proteger a vida: como evitar o fim do mundo. Rio de Janeiro: Record, 2010.

BOFF, Leonardo. O cuidado necessário: na vida, na saúde, na educação, na ecologia, na ética e na espiritualidade. Petrópolis: Vozes, 2012a.

BOFF, Leonardo. Sustentabilidade. O que é – O que não é. Petrópolis: Vozes. 2012b.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar: Ética do humano. Petrópolis: Vozes 1999.

BRASIL. Introdução à proposta do grupo de trabalho aberto para os objetivos do desenvolvimento sustentável. Rio+ World Centre for Sustainable Development. Diponível em: www.itamaraty.gov.br/images/ ed_desenvsust/ODS-port.pdf. Acesso em: 26 fev. 2015.

BRUNDTLAND, Gro Harlem (org.). Nosso futuro comum: relatório da Comissão Mundial Sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento. Rio de Janeiro: FGV, 1988.

CAPRA, Fritjof. O que é alfabetização ecológica. In: CAPRA, Fritjof. Princípios da alfabetização ecológica. São Paulo: Rede Mulher de Educação, 2003.

CAPRA, Fritjof. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos vivos. 3. ed. São Paulo: Cultrix, 1998. https://doi.org/10.21665/2318-3888.v3n6p279-282

CAPRA, Fritjof. As conexões ocultas: ciência para uma vida sustentável. 5. ed. São Paulo: Cultrix, 2006. https://doi.org/10.21665/2318-3888.v3n6p279-282

CARTA DA TERRA. Disponível em: www.cartadaterra.org. Acesso em: 10 jan. 2014.

ENVOLVERDE. Jornalismo & Sustentabilidade. Perspectivas para o desenvolvimento sustentável até 2030. (17/03/2014). Disponível em: http://envolverde.com.br/ambiente/perspectivas-para-o-desenvolvimento-sustentavel-ate-2030/. Acesso em: 27 fev. 2015. https://doi.org/10.11606/t.6.2011.tde-29112011-162408

FRANCISCO. Carta encíclica Laudato Si’. Sobre o cuidado da casa comum. Disponível em: http://w2.vatican.va/content/dam/francesco/pdf/encyclicals /documents/papa-francesco_20150524_enciclica-laudato-si_po.pdf. Acesso em: 19 jun. 2015. https://doi.org/10.5377/typ.v0i28.3140

FREIRE, Paulo. À sombra desta mangueira. São Paulo: Olho D`Água, 1995.

GADOTTI, Moacir. Pedagogia da terra. 4. ed. São Paulo: Peirópolis, 2000.

GUATTARI, Félix. As três ecologias. 17. ed. Campinas: Papirus, 2006.

KUHN, Thomas. A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Perspectivas, 1978.

LEFF, Enrique. Epistemologia ambiental. São Paulo: Cortez, 2001.

LEFF, Enrique. Saber ambiental: sustentabilidade, racionalidade, complexidade, poder. 10. ed. Petrópolis: Vozes, 2013. 494 p.

LOVELOCK, James. Gaia: um novo olhar sobre a vida na Terra. Lisboa: Edições 70, 1989.

MCCORMICK, John. Rumo ao paraíso. A história do Movimento ambientalista. Rio de janeiro: Relume; Durnarã, 1992.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários para à educação do futuro. São Paulo: Cortez, Brasília: Unesco, 1993. https://doi.org/10.3395/reciis.v6i2.607pt

MOLTMANN, Jürgen. A vinda de Deus. Por uma pneumatologia integral. Petrópolis: Vozes, 1998.

MOLTMANN, Jürgen. O caminho de Jesus Cristo: cristologia em dimensões messiânicas. Petrópolis: Vozes, 1993.

ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS. Introdução à proposta do grupo de trabalho aberto para os objetivos do desenvolvimento sustentável. (19/07/2014). Disponível em: http://www.itamaraty.gov.br/indexphp?option=com_content&view=article&id=134&catid=100&Itemid=433&lang=pt-BR. Acesso em: 8 nov. 2014.

ONUBR. NAÇÕES UNIDAS NO BRASIL. Secretário-geral da ONU apresenta síntese dos objetivos de desenvolvimento sustentável pós-2015. (04/12/2014). Disponível em: http://nacoesunidas.org/secretario-geral-da-onu-apresenta-sintese-dos-objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel-pos-2015/. Acesso em: 27 fev. 2015. https://doi.org/10.11606/d.96.2017.tde-06102017-160957 PNUD.

PROGRAMA DAS ORGANIZAÇÕES UNIDAS. Secretário-geral da ONU lança relatório sobre os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e sobre os desafios a serem enfrentados até 2030 (22/01/2015). Disponível em: www.pnud.org.br/Noticia.aspx?id=4009. Acesso em 26 fev. 2015. https://doi.org/10.18224/ baru.v2i2.5266

SAUVÉ, Lucie. Educação Ambiental: possibilidades e limitações. Revista Educação e pesquisa, São Paulo, v. 31, n. 2, p. 317-322, 2005. https://doi.org/10.1590/s1517-97022005000200012

Publicado
2019-12-31