Inteligência coletiva: o ciberespaço como retrato da sociedade ou uma discussão da ética da estética

  • Heloisa Juncklaus Preis Moraes Universidade do Sul de Santa Catarina
Palavras-chave: Ciberespaço, inteligência coletiva, ética

Resumo

O presente artigo faz uma análise, a partir do conceito de Inteligência Coletiva de Lévy, do ciberespaço como um retrato da sociedade, discutindo as novas socialidades e vivências mediadas pelas tecnologias. Além disso, agrega uma discussão teórica sobre a essência da técnica e possíveis mudanças de posicionamento ético e moral, aliada, também, à categoria de visibilidade a partir da proposta de Sociedade do Espetáculo de Guy Debord.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Heloisa Juncklaus Preis Moraes, Universidade do Sul de Santa Catarina
Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da Universidade do Sul de Santa Catarina.

Referências

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro: Contraponto, 1997.

HEIDEGGER, Martin. Ensaios e conferências. 2. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2001.

LECHTE, John. 50 pensadores contemporâneos essenciais: do estruturalismo à pós-modernidade. Rio de Janeiro: Difel, 2002.

LEMOS, André. Cibercultura tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Porto Alegre: Sulina, 2002.

______. Ciber-socialidade. Tecnologia e vida social na cultura contemporânea. Disponível em: http//www.facom.ufba.br/ciberpesquisa/txt_and3.htm Acesso em: 18 abr. 2001.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Ed. 34, 1993.

______. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

LOPES, Maria Immacolata Vassalo. Pesquisas de recepção e educação para os meios. Comunicação e Educação, São Paulo, n. 6, p. 41-46, maio/ago. 1996.

MAFFESOLI, Michel. A contemplação do mundo. Porto Alegre: Artes e Ofícios, 1995.

______. A transfiguração do político: a tribalização do mundo. Porto Alegre: Sulina, 1997.

MAFFESOLI, Michel. A tribalização do mundo. Porto Alegre: Sulina, 1997.

______. O conhecimento comum: compêndio de Sociologia Compreensiva. São Paulo: Brasiliense, 1988.

______. O tempo das tribos: o declínio do individualismo nas sociedades de massa. Rio de Janeiro: Forense Universitária,

MARCONDES FILHO, Ciro (org.). Pensar-pulsar: cultura comunicacional, tecnologias, velocidade. São Paulo: Edições NTC, 1996.

NIETZSCHE, Frederich. A genealogia da moral. 4. ed. Lisboa: Guimarães e Cia., 1983.

_____. Para além do bem e do mal. São Paulo: Martín Claret, 2002.

ROSNAY, Joel de. O homem simbiótico. Petrópolis: Vozes, 1997.

SFEZ, Lucien. As tecnologias do espírito. In: MARTINS, Francisco Menezes; SILVA, Juremir Machado da. Para navegar no século XXI. Porto Alegre: Edipucrs/Sulina, 2000.

SILVA, Juremir Machado da. As tecnologias do imaginário. Porto Alegre: Sulina, 2003.

SODRÉ, Muniz. As estratégias sensíveis: afeto, mídia e política. Petrópolis: Vozes, 2006.

VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez. Ética. 23. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

Como Citar
Moraes, H. J. P. (2011). Inteligência coletiva: o ciberespaço como retrato da sociedade ou uma discussão da ética da estética. Revista FAMECOS, 18(2), 542-556. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2011.2.9474