Repensar a modernidade

O debate em torno da arte, do tempo e da política em Jacques Rancière

Palavras-chave: Modernidade, Temporalidades, Arte, Política, Cinema

Resumo

Em Tempos modernos: arte, tempo, política, o filósofo francês Jacques Rancière (2021) fornece elementos para se pensar a constituição das grandes narrativas no processo histórico, colocando sob suspeita a oposição entre passado e futuro, mas também para se pensar as condições de possibilidades das temporalidades na instauração de novos regimes e de perturbações do sensível, com ênfase para o cinema. A reflexão de Rancière provoca repensar a relação entre arte, tempo e política e os conflitos que são expostos com o tratamento de diferentes temporalidades, por assim dizer, e a rever a modernidade e a distribuição hierárquica dos tempos e das formas de vida nas grandes narrativas, sobretudo no cinema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iago Porfírio, Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, BA, Brasil.

Mestre em Comunicação e Cinema pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Campo Grande, MS, Brasil, com estágio de mestrado sanduíche pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), em São Paulo, SP, Brasil. Estudante de Doutorado em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), em Salvador, BA, Brasil, com bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Membro do Nanook, núcleo de pesquisa vinculado ao Laboratório de Análise Fílmica (LAF/UFBA). 

Referências

RANCIÈRE, J. O tempo da emancipação já passou? In: SILVA, R. (org.). A república por vir: Arte, política e pensamento para o Século XXI. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 2011a.

RANCIÈRE, J. Politiques des films. Dans: Rancière, J. Les écarts du cinéma. France: La Fabrique Éditions, 2011b.

RANCIÈRE, J. O mestre e o ignorante: cinco lições sobre a emancipação intelectual; tradução de Lílian do Valle. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

Publicado
2022-09-05
Como Citar
Porfírio, I. (2022). Repensar a modernidade: O debate em torno da arte, do tempo e da política em Jacques Rancière. Revista FAMECOS, 29(1), e43168. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2022.1.43168