O estranho universo fílmico de H. P. Lovecraft

Palavras-chave: Lovecraft, Cinema, Literatura, Horror

Resumo

O presente trabalho procura fazer um breve levantamento de algumas incursões do universo ficcional de H. P. Lovecraft no cinema. Criador de um panteão teratológico, objetos profanos variados e uma perspectiva filosófica pessimista apontando para a insignificância do humano diante de um cosmos aterrador, o escritor acaba se tornando um amplo material para apropriações cinematográficas. Enquanto uma massiva utilização de elementos lovecraftianos ganham contornos cada vez maiores em filmes com boas críticas e bilheterias, as transposições das narrativas do autor parecem habitar um nicho mais específico de filmes, sobretudo em um âmbito considerado mais trash do audiovisual. Através do estudo de alguns autores e alguns exemplos mais emblemáticos e conhecidos, demonstraremos esse estranho paradoxo e tentaremos ensaiar algumas possíveis hipóteses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Yuri Garcia, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutor em Comunicação Social na linha de Tecnologias da Comunicação e Cultura do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Professor do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), no Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Pesquisador de pós-doutorado na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, SP, Brasil.

Referências

ALLEN, Robert C.; GOMERY, Douglas. Teoría y práctica de la historia del cine. Barcelona: Paidós, 1995.

CARPENTER, John. Entrevista cedida a Andrew Migliore e John Strysik. In: MIGLIORE, Andrew; STRYSIK, John. The Lurker in the Lobby: A guide to the cinema of H. P. Lovecraft. Portland: Night Shade Books, 2006.

COLAVITO, Jason. The Cult of Alien Gods: H.P. Lovecraft and Extraterrestrial Pop Culture. New York: Prometheus Books, 2005.

DEL TORO, Guillermo. Entrevista cedida a Andrew Migliore e John Strysik. In: MIGLIORE, Andrew; STRYSIK, John. The Lurker in the Lobby: A guide to the cinema of H. P. Lovecraft. Portland: Night Shade Books, 2006.

GORDON, Stuart. Entrevista cedida a Andrew Migliore e John Strysik. In: MIGLIORE, Andrew; STRYSIK, John. The Lurker in the Lobby: A guide to the cinema of H. P. Lovecraft. Portland: Night Shade Books, 2006.

LOVECRAFT, H. P. The Nameless City. In: The Complete Works of H. P. Lovecraft.

CthulhuChick.com, 2011. (Obtido em domínio público em: http://arkhamarchivist.com/free-complete-lovecraft-ebook-nook-kindle/)

MAPA, Ramon. Introdução Darkside. In: LOVECRAFT, H. P. H. P. Lovecraft: medo clássico. Rio de Janeiro: DarkSide Books, 2017. v. 1.

MCFARLANE, Brian. Novel to Film: An Introduction to the Theory of Adaptation. Oxford: Clarendon Press, 1996.

MET, Philippe. H. P. Lovecraft tel qu’en outsider le cinéma le change. In: KELLY, G; MENEGALDO, G. (org.) Lovecraft au prisme de l’image: Littérature, cinema et arts graphiques. Cadillon: Le Visage vert, 2017. p. 133-149.

MIGLIORE, Andrew; STRYSIK, John. The Lurker in the Lobby: A guide to the cinema of H. P. Lovecraft. Portland: Night Shade Books, 2006.

MITCHELL, Charles P. The Complete H. P. Lovecraft Filmography. Westport: Greenwood Press, 2001.

O’BANNON, Dan. Entrevista cedida a Andrew Migliore e John Strysik. In: MIGLIORE, Andrew; STRYSIK, John. The Lurker in the Lobby: A guide to the cinema of H. P. Lovecraft. Portland: Night Shade Books, 2006.

PAOLI, Dennis. Entrevista cedida a Andrew Migliore e John Strysik. In: MIGLIORE, Andrew; STRYSIK, John. The Lurker in the Lobby: A guide to the cinema of H. P. Lovecraft. Portland: Night Shade Books, 2006.

PETERSON, Richard A.; KERN, Roger M. Changing Highbrow Taste: From Snob to Omnivore. American Sociological Review, Washington, v. 61, n. 5, p. 900-907, oct. 1996.

REIS FILHO, Lucio. H. P. Lovecraft no cinema dos anos 70 e 80: da inadaptabilidade aos novos reinos imaginativos. Revista Abusões, Rio de Janeiro, v. 4, n. 4, p. 356-387, 2017.

SARKHOSH, Keyvan; MENNINGHAUS, Winfried. Enjoying trash fi lms: Underlying features, viewing stances, and experiential response dimensions. Poetics, v. 57, p. 40-54, aug. 2016.

SCONCE, Jeffrey. ‘Trashing’ the academy: taste, excess, and an emerging politics of cinematic style. Screen, [S. l.], v. 36, n. 4, p. 371-393, 1995.

Publicado
2022-08-22
Como Citar
Garcia, Y. (2022). O estranho universo fílmico de H. P. Lovecraft. Revista FAMECOS, 29(1), e42364. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2022.1.42364