#cloroquina

A polarização política no Instagram durante a pandemia de coronavírus

Palavras-chave: Fake news, Coronavírus, Cloroquina, Hidroxicloroquina, Bolsonaro

Resumo

Nem mesmo a excepcionalidade causada pelo coronavírus tem se mostrado capaz de alterar a crescente circulação de fake news. No Brasil, um exemplo disso vem sendo o uso político da cloroquina e seu derivado, a hidroxicloroquina, pelo presidente Jair Bolsonaro, que, mesmo sem comprovação científica, tem defendido a capacidade de prevenção e a cura da COVID-19através do uso desses medicamentos. Postura essa, inclusive, que tem deslocado o debate sobre a pandemia para o terreno da polarização política. Diante disso, com o objetivo de estudar esse fenômeno, apresenta-se uma análise de cem postagens no Instagram ligadas às hashtags #cloroquinasalvavidas e #cloroquinanãoprevinecovid19. Como resultado, em consequência da postura do presidente da República, percebeu-se a politização de um debate que, em tese, deveria ser essencialmente científico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alisson Gutemberg, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil.

Doutor em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Natal, RN, Brasil

Referências

ALZAMORA, Geane Carvalho; ANDRADE, Luciana. A dinâmica transmídia de fake news conforme a concepção pragmática de verdade. Matrizes, São Paulo, v. 13, n. 1, p. 109-131, jan./abr. 2019. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v13i1p109-131

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BATISTA, Everton Lopes. Pesquisas com hidroxicloroquina contra coronavírus ainda são preliminares. Folha de S.Paulo, São Paulo, 20 mar. 2020. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/03/pesquisas-com-remedio-contra-coronavirus-ainda-sao-preliminares-afirmam-especialistas.shtml. Acesso em: 17 set. 2020.

BERGAMO, Mônica. Taxa de mortes com cloroquina equivale à de quem não usa, diz estudo preliminar da Fiocruz. Folha de S.Paulo, São Paulo, 7 abr. 2020. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2020/04/taxa-de-mortes-com-cloroquina-equivale-a-de-quem-nao-usa-diz-estudo-preliminar-da-fiocruz.shtml. Acesso em: 17 set. 2020.

BERGAMO, Mônica. Cloroquina pode ser prejudicial para pacientes com covid-19, afirmam professores de Oxford e Birmingham. Folha de S. Paulo, São Paulo, 9 abr. 2020. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2020/04/cloroquina-pode-ser-prejudicial-para-pacientes-com-covid-19-afirmam-professores-de-oxford-e-birmingham.shtml. Acesso em: 17 set. 2020.

CASTRO, Julio Cesar Lemes de. Plataformas algorítmicas: interpelação, perfilamento e performatividade. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 26, n. 3, p. 1-24, set./dez. 2019. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2019.3.33723

CFM condiciona uso de cloroquina e hidroxicloroquina a critério médico e consentimento do paciente. In: Portal CFM. [S. I.], 23 abr. 2020. Disponível em: https://portal.cfm.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=28672:2020-04-23-13-08-36&catid=3. Acesso em: 23 set. 2020.

CHADE, Jamil. Contra desinformação, OMS pede campanhas de governos com base na ciência. In: Uol. [S. I.], 16 abr. 2020. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/colunas/jamil-chade/2020/04/16/contra-desinformacao-oms-pede-campanhas-de-governos-com-base-na-ciencia.htm Acesso em: 17 set. 2020.

COLLUCCI, Cláudia. Estudo chinês aponta que hidroxicloroquina não é melhor que cuidado usual contra coronavírus. Folha de S. Paulo, São Paulo, 25 mar. 2020. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/03/chineses-concluem-que-hidroxicloroquina-nao-e-melhor-que-cuidado-usual-contra-coronavirus.shtml Acesso em: 17 set. 2020.

D´ANCONA, Matthew. Pós-verdade: a nova guerra contra os fatos em tempos de fake news. Barueri: Faro Editorial, 2018.

DISSEMINAÇÃO assintomática do coronavírus é “muito rara”, diz OMS. In: Uol. [S. I.], 8 jun. 2020. Disponível em: https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/06/08/disseminacao-assintomatica-do-coronavirus-e-muito-rara-diz-oms.htm. Acesso em: 23 set. 2020.

DOIS novos estudos novos estudos publicados na “Nature” mostram que a cloroquina e a hidroxicloroquina são ineficazes no combate à Covid-19. In: G1 [S.I.]. 22 jul. 2020. Disponível em: https://g1.globo.com/bemestar/coronavirus/noticia/2020/07/22/dois-novos-estudos-publicados-na-nature-mostram-que-a-cloroquina-e-hidroxicloroquina-e-ineficaz-no-combate-a-covid-19.ghtml. Acesso em: 17 set. 2020.

FACEBOOK remove 68 páginas e 43 contas pró-Bolsonaro. Exame, 22 out. 2018. Disponível em: https://exame.com/brasil/facebook-remove-68-paginas-e-43-contas-pro-bolsonaro. Acesso em: 15 set. 2020.

FERRAZ, Maria Cristina Franco; CLAIR, Ericson Saint. Por uma genealogia do ódio online: contágio, viralização e ressentimento. Matrizes, São Pulo, v. 13, n. 1, p. 133-147, jan./abr. 2019. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v13i1p133-147

KAUFMAN, Dora; SANTAELLA, Lucia. O papel dos algoritmos de inteligência artificial nas redes sociais. Revista Famecos, Porto Alegre, v. 27, p. 1-10, jan./dez. 2020. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2020.1.34074

MAFFESOLI, Michel. A transfiguração do político: a tribalização do mundo. Porto Alegre: Sulina, 2011.

PARLAMENTO britânico convoca Mark Zuckerberg para falar sobre Cambridge Analytica. IstoÉ, [S. I.], 20 mar. 2018. Disponível em: https://istoe.com.br/parlamento-britanico-convoca-mark-zuckerberg-para-falar-sobre-cambridge-analytica. Acesso em: 15 set. 2020.

RECUERO, Raquel. Redes sociais na internet. Porto Alegre: Sulina, 2014.

RECUERO, Raquel; ZAGO, Gabriela; BASTOS, Marco Toledo. O discurso dos #ProtestosBR: análise de conteúdo do Twitter. Galáxia, São Paulo, n. 28, p. 199-216, dez. 2014. https://doi.org/10.1590/1982-25542014217911

RECUERO, Raquel; GRUZD, Anatoliy. Cascatas de fake news políticas: um estudo de caso no Twitter. Galáxia, São Paulo, n. 41, p. 31-47, maio/ago. 2019. https://revistas.pucsp.br/galaxia/article/view/39035

SACRAMENTO, Igor; PAIVA, Raquel. Fake news, WhatsApp e a vacinação contra febre amarela no Brasil. Matrizes, São Paulo, v. 14, n. 1, p. 79-106, jan./abr. 2020. https://doi.org/10.11606/issn.1982-8160.v14i1p79-106

SILVA, Roberta. D. F. C.; GONGALVES, Leandro A. P. As pílulas do Messias: salvação, negação e política de morte em tempos de pandemia. Physis, Rio de Janeiro, v. 30, n. 2, 2020. https://www.scielo.br/pdf/physis/v30n2/0103-7331-physis-30-02-e300208.pdf

SOUZA, Rafael Bellan Rodrigues de. “Fake news”, pós-verdade e sociedade do capital: o irracionalismo como motor da desinformação jornalística. Revista Famecos, Porto Alegre v. 26, n. 3, p. 1-17, set./dez. 2019. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2019.3.33105

WATANABE, Phillippe. Estudo francês não vê eficácia de hidroxicloroquina em pacientes internados com Covid-19. Folha de S.Paulo, São Paulo, 17 abr. 2020. Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/04/estudo-frances-nao-ve-eficacia-de-hidroxicloroquina-em-pacientes-internados-com-covid-19.shtml. Acesso em: 17 set. 2020.

ZUCKERBERG cita exclusão de post de Bolsonaro como exemplo que Facebook age contra informações falsas. In: G1. [S. I.], 21 maio 2020. Disponível em: https://g1.globo.com/economia/tecnologia/noticia/2020/05/21/zuckerberg-cita-exclusao-de-post-de-bolsonaro-como-exemplo-de-que-facebook-age-contra-informacoes-falsas.ghtml Acesso em: 15 set. 2020.

Publicado
2021-08-20
Como Citar
Gutemberg, A. . (2021). #cloroquina: A polarização política no Instagram durante a pandemia de coronavírus. Revista FAMECOS, 28(1), e39213. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2021.1.39213