A imagem de Cristo no cinema

Um caso de idolatria

Palavras-chave: Ícone, Ídolo, Imagem de Cristo

Resumo

A filósofa Marie-José Mondzain, em sua pesquisa acerca do imaginário contemporâneo, faz um recuo à segunda crise do iconoclasmo bizantino para resgatar um conceito operatório comum na análise das imagens produzidas e difundidas na contemporaneidade. Partiremos desse debate, sintetizado na oposição eikon/ eidolon, para comparar a imagem de Cristo em dois filmes religiosos: Rei dos Reis (1927), de Cecil B. DeMille, e O Rei dos Reis (1961), de Nicholas Ray. A análise fílmica verificará como os dois realizadores se posicionaram em relação ao dilema da idolatria: no filme de DeMille, para evitar uma representação idólatra de Jesus, adota-se uma operação marcada por um excesso de mediações, caracterizando-O de acordo com um imaginário iconográfico prévio; já no filme de Ray, a representação exacerbada de Cristo parece refletir, como um autêntico produto de seu tempo, a imagem de uma sociedade idólatra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro de Andrade Lima Faissol, Universidade Estadual do Paraná (Unespar), Curitiba, PR, Brasil.

Professor colaborador do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual do Paraná, em Curitiba, PR, Brasil. Doutor e Mestre em Meios e Processos Audiovisuais pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA/USP), em São Paulo, SP, Brasil.

Referências

AGAMBEN, Giorgio. “O que é um dispositivo?” In: AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo? E outros ensaios. Chapecó: Argos, 2009.

BAZIN, André. O Que é o Cinema? São Paulo: Cosac & Naify, 2014.

BELTING, Hans. A verdadeira imagem. Porto: Dafne editora, 2011.

BESANÇON, Alain. A imagem proibida: uma história intelectual da iconoclastia. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997.

BOURGET, Jean-Loup. Cecil B. DeMille: le gladiateur de Dieu. Paris: Presses Universitaires de France, 2013.

GOMBRICH, Ernst. A História da Arte. Rio de Janeiro: LTC, 2009.

JESUS Cristo Superstar. Direção: Norman Jewison. Roteiro: Melvyn Bragg. Produção: Robert Stigwood. Intérpretes: Ted Neeley, Carl Anderson, Yvonne Elliman e outros. Música: Andrew Lloyd Webber. Hollywood: Universal Pictures, 1973. 106 min, sonoro, color., 35 mm.

JUVENTUDE Transviada. Direção: Nicholas Ray. Roteiro: Stewart Stern. Produção: David Weisbart. Intérpretes: James Dean, Natalie Wood, Sal Mineo e outros. Música: Leonard Rosenman. Hollywood: Warner Bros., 1955. 111 min, sonoro, color., 35 mm.

LELOUP, Jean-Yves. O ícone: uma escola do olhar. São Paulo: UNESP, 2006.

M. E SOUZA, Claudio. “O Rei dos Reis”. In: O cinema é Nicholas Ray (Catálogo CCBB), 2011.

MONDZAIN, Marie-José. Image, sujet, pouvoir. Sens Public, [s. l.], jan. 2008.

MONDZAIN, Marie-José. Imagem, ícone, economia: as fontes bizantinas do imaginário contemporâneo. Rio de Janeiro: Contraponto, 2013.

O REI dos Reis. Direção: Nicholas Ray. Roteiro: Philip Yordan. Produção: Samuel Bronston. Intérpretes: Jeffrey Hunter, Siobhan McKenna, Hurd Hatfield, Ron Randell, Viveca Lindfors e outros. Música: Miklós Rózsa. Hollywood: MGM, 1961. 168 min, sonoro, color., 35 mm.

PRIGENT, Pierre. Jésus au cinéma. Genève: Labor et Fides, 1997.

REI dos Reis. Direção: Cecil B. DeMille. Roteiro: Jeanie Macpherson. Produção: Cecil B. DeMille. Intérpretes: H.B. Warner, Dorothy Cumming, Ernest Torrence, Joseph Schildkraut, James Neill, Joseph Striker e outros. Música: silencioso. Hollywood: Pathé Exchange, 1927. 151 min, silencioso, color e PB, 35 mm.

ROSENBAUM, Jonathan. “Círculo de dor”. In: O cinema é Nicholas Ray. (Catálogo CCBB), 2011.

TRÊS homens em conflito. Direção: Sergio Leone. Roteiro: Luciano Vincenzoni. Produção: Alberto Grimaldi. Intérpretes: Clint Eastwood, Eli Wallach, Lee Van Cleef e outros. Música: Ennio Morricone. Roma: Produzioni Europee Associate (PEA), 1966. 161 min, sonoro, color., 35 mm.

VADICO, Luiz Antonio. A imagem do ícone: Cristologia através do cinema. Tese (Doutorado) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2005.

Publicado
2021-01-06
Como Citar
Faissol, P. de A. L. (2021). A imagem de Cristo no cinema: Um caso de idolatria. Revista FAMECOS, 27, e37184. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2020.1.37184
Seção
Cinema